Cure-se com o poder da soja

Há cada vez mais gente em Portugal a consumir este alimento. Perceba porquê

A soja é um alimento proveniente da China que está a conquistar o Ocidente não só pela sua versatilidade como pelos inúmeros benefícios que tem para a saúde.

Apesar de ser uma leguminosa, a soja apresenta características muito
diferentes das leguminosas convencionais (feijão, grão, lentilhas, favas
ou ervilhas). Tem um valor proteico superior e contém todos os
aminoácidos essenciais.

Consumida sob a forma de leite, tofu ou granulado, pode ser a cura de muitos males. Devido ao seu elevado e reconhecido teor de ácidos gordos poli-insaturados, fibra, vitaminas e minerais e ao seu reduzido teor de gordura saturada, o consumo de soja e produtos derivados pode ter um papel importante na prevenção das doenças cardiovasculares, no combate à osteoporose e a alguns sintomas desagradáveis da menopausa, na redução dos níveis do chamado colesterol mau (LDL) e na prevenção de alguns cancros.

O seu teor proteico é de tal forma substancial que se equipara ao da carne, sendo quatro vezes superior ao do ovo e 12 vezes maior que o do leite. Rica em potássio e fósforo, as suas sementes têm uma grande quantidade de vitaminas como a A, B, C e D.

Para além disso, a soja:

- Atua na prevenção de doenças cardiovasculares

Ao contrário da carne e de outros produtos de origem animal, a soja conta com uma quantidade mínima de ácidos gordos saturados e não contém colesterol, pelo que, consumida em substituição de proteínas de fontes animais, reduz este tipo de patologias.

- Ajuda a regular o peso

O seu elevado teor de fibra contribui para o controlo do peso, uma vez que torna a digestão dos alimentos mais lenta, aumentando a sensação de saciedade e retardando a absorção de alguns nutrientes, principalmente a glucose.

Ver artigo completo

Comentários