Que qualidade de cebola devemos utilizar para confecionar cada prato?

Desengane-se quem pensa que as cebolas são todas iguais. Para cada prato há uma variedade de cebola mais adequada. Aqui encontra dicas sobre as utilizações mais comuns deste vegetal.

Cebola doce: boa para fritar. É especialmente indicada para fazer gratinados e vegetais assados.

Cebola roxa: boa para comer crua. O sabor adocicado da cebola roxa faz com que seja a qualidade adequada para utilizar em saladas, sandes ou para fazer guacamole.

Há estudos que apontam a cebola roxa como sendo a qualidade mais saudável por possuir antocianinas, ajudando a prevenir os valores elevados de colesterol e triglicéridos.

Cebola branca: boa para molhos e aperitivos. Esta qualidade de cebola tem um sabor muito intenso e, como tal, é especialmente indicada para fazer molhos, chutneys e refogados nos quais pretendamos sentir o aroma da cebola.

Cebola amarela: a cebola "tradicional" e mais versátil de todas! Tal como a cebola branca, a cebola amarela tem um sabor muito intenso e ácido sendo especialmente indicada para assados, refogados, molhos, sopas e ensopados. Pode ser utilizada crua, cozida, picada, em rodelas sempre que se pretenda acentuar o aroma da cebola.

Chalota: boa para compotas e pratos suaves. Esta é a qualidade de cebola com um sabor mais adocicado, mais suave e com baixo teor de acidez. É especialmente indicada para fazer vinagretes, guarnições e omeletes ou para qualquer prato elegante e requintado.

artigo do parceiro:

Comentários