• Guia do cuidador. Sabe com o que se deve preocupar na assistência ao idoso?

    No Dia Mundial da Consciencialização da Violência contra a Pessoa Idosa importa salientar que a sociedade está a envelhecer a um ritmo acelerado. Em 2025 existirão cerca de 1,2 mil milhões de pessoas com mais de 60 anos. Já dizia o poeta Hermann Melville, saber envelhecer é a obra-prima da sabedoria e um dos capítulos mais difíceis na grande arte de viver.

  • Comer depois dos 50

    As frases de Hipócrates, o Pai da Medicina, "somos o que comemos” e “que o vosso alimento, seja o vosso medicamento”, fazem todo o sentido. Os nossos hábitos alimentares têm um grande impacto na nossa saúde, no nosso bem-estar e qualidade de vida. Os conselhos são da equipa de nutrição da IberSaúde.

  • A alimentação da mãe na amamentação: o que comer e o que evitar

    A amamentação é um processo fisiológico e natural e a melhor forma de alimentar o seu bebé. O leite materno contém todos os nutrientes que o seu bebé precisa para ser saudável. A Organização Mundial de Saúde recomenda o aleitamento materno exclusivo até aos 6 meses de vida do seu bebé.

  • Nutrição por sonda no domicílio: Que opções e dificuldades?

    A nutrição entérica – por sonda – no domicílio é cada vez mais frequente. Apresenta-se como uma vantagem custo-benefício capaz de prevenir a desnutrição e permite a melhoria da condição clínica e, consequentemente, da qualidade de vida do doente. Um artigo da nutricionista Joana Bernardo.

  • Gelados: Podemos ou não podemos pecar?

    No verão aumenta a procura pelos deliciosos gelados, pela sua frescura e sabor. Temos no mercado à nossa disposição uma imensa variedade. Quais são os mais saudáveis? O que têm? Quantos devemos comer? Neste artigo, ajudamos a esclarecer todas as dúvidas.

  • A exaustão (burnout) de quem cuida

    As alterações demográficas que se fazem sentir em Portugal, bem como na família, aumento de famílias do tipo nuclear, faz com que quando um dos elementos fica dependente toda a dinâmica familiar sofra alterações. Estas alterações serão tanto maiores quanto maior for a dependência.

  • Cuidar em casa? Uma solução com benefícios

    A maioria dos idosos preferia continuar em casa e aí receber os tratamentos de que necessita. Percebe-se porquê. O domicílio é um local com ligações/associações de emoções, memórias e conforto. Um artigo de opinião de João Lourenço Rombo, diretor geral da IberSaúde.

  • Frutos secos oleaginosos: engordam ou são benéficos?

    Os frutos secos oleaginosos referem-se às nozes, amêndoas, avelãs, entre outros, consumidos sempre no seu estado seco. Este é um grupo de alimentos com uma elevada densidade nutricional e que faz parte da alimentação humana há cerca de 780 mil anos.

  • O que é a depressão e como a família pode ajudar?

    Sabia que a depressão é uma das doenças mentais mais estudadas? Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 10% da população mundial sofre de depressão, prevendo-se que dentro de 10 anos esta percentagem atinja os 20%.

  • O café será nutricionalmente saudável?

    Cada português consome cerca de 4,7kg de café por ano, segundo dados da European Coffee Federation.

  • O que é o Enfarte Agudo do Miocárdio?

    O Enfarte Agudo do Miocárdio (EAM) muitas vezes é designado pela população como ataque cardíaco, trombose cardíaca ou ainda oclusão de uma artéria do coração. Ocorre quando existe uma oclusão de uma ou mais artérias que irrigam o coração durante um longo período de tempo.