Não quer que o seu filho minta? Então não lhe faça o mesmo

Descubra porque mesmo as chamadas "mentiras brancas" que os pais muitas vezes dizem aos filhos, são extremamente prejudiciais e podem contribuir para problemas graves no futuro.

Nenhuma mentira é boa e muitas, por mais pequenas que sejam, podem causar problemas graves tanto para a pessoa que as conta, como para as pessoas à sua volta. Por isso, é necessário uma atenção redobrada no que diz respeito às mentiras que muitas vezes são contadas às crianças com a intenção de as proteger.

Um exemplo vale mais que mil conselhos. Todos nós já ouvimos a famosa frase: faça o que eu digo, não faça o que eu faço, mas a verdade é que na prática isto não funciona. Isso porque nós ser humanos, independentemente da nossa idade, aprendemos de maneira muito mais eficiente quando temos alguém como exemplo e não quando nos dão um conselho que não seguem. Por isso, as mentiras "pequeninas" que os pais contam aos filhos, acabam por ter um grande impacto nas suas vidas.

Algumas destas, muitas vezes são contadas porque os pais não sabem lidar com a situação em si ou simplesmente porque querem obter resultados rápidos sem o trabalho de conversar e resolver o problema. Estas, são as mais variadas e de certeza que já as ouviu ou disse algumas: "Se perguntarem por mim, diz que não estou", "não te preocupes, não vai doer nada", "se te portares mal vem o homem do saco e leva-te" entre outras. Estas mentiras são contadas de ânimo leve, no entanto, o que a criança aprende é que não faz mal mentir e que mentir pode dar muito jeito quando quiser evitar algo que é desconfortável. Desta maneira, permite-se que a mentira entre na vida da criança e comece a moldar o seu carácter. O resultado é um adulto desonesto, que não tem problemas nenhuns em mentir e usa a mentira para conseguir aquilo que quer sem pensar nas consequências.

Por isso, a melhor maneira de educar os seus filhos, torná-los responsáveis e que assumam os seus erros, é dando o exemplo. Fale sempre a verdade aos seus filhos, por mais difícil que esta possa ser. Corrija-os quando os "apanhar" a mentir, para que aprendam que a mentira nunca é boa. Ensine-os a lidar com as situações desconfortáveis de uma maneira honesta, para que tenham ferramentas fortes que poderão usar para lidar com os problemas mais graves, que possam surgir na sua vida quando forem adultos.

Leia mais: Que medos transmite aos seus filhos?

Leia mais: Descubra como lidar com os ciúmes do seu filho

artigo do parceiro:

Comentários