Que medos transmite aos seus filhos?

Sem fazer por mal, acaba por transmitir aos seus filhos alguns medos, que são reflexos da sua atitude em querer protegê-los de tudo e de todos.

É normal que as mães acabem por transmitir alguns dos seus próprios medos aos seus filhos e no caso do primeiro, é mesmo muito frequente isso acontecer. Esta reação é um reflexo das atitudes de querer proteger o seu filho, mas é bom que saiba que isto não é o melhor para ele, embora seja para si. Veja algumas destas atitudes e descubra como pode dar-lhes a volta.

- Não saltes porque podes cair;

- Cuidado senão ainda tropeças;

- Veste o casaco porque podes ficar doente;

- Não te esqueças de beber água;

- Mete o chapéu que o sol faz mal à cabeça;

- Não coloques a música tão alta por causa dos ouvidos;

- Não corras, olha se cais;

Embora a lista ainda seja muito maior, o importante é que tenha consciência que os seus filhos tem de cair e aprenderem a levantar-se. Porque embora queira protege-los acima de tudo, eles precisam de saber o que fazer quando não a tiverem por perto. Por isso, sempre que se sentir desconfortável com algumas situações saiba como deve agir.

- No caso de quedas, diga aos seus filhos que elas são marcas de felicidade;

- No caso do choro, este significa que eles precisam de colo e de mimos;

- Deixe o sol fazer parte da vida deles e pense nele como uma boa fonte de vitamina D;

- Já as constipações servem para melhorar o sistema imunitário.

Aproveite para relaxar e deixar o seu filho mais livre, para que ele se possa divertir e você também.

artigo do parceiro:

Comentários