Quero mesmo muito ser mãe mas por que será que não consigo?

Quando desperta o relógio biológico, muitas mulheres tentam engravidar rapidamente, mas o processo pode ser moroso. Os principais mitos sobre a conceção explicados por especialistas

A decisão de engravidar muda para sempre a nossa vida. Mas a conceção pode não ocorrer de imediato ou como planeada. Encare esta fase com naturalidade e sem alarmismos. Para ajudá-la, esclarecemos alguns dos mitos mais comuns associados à conceção:

«Terei algum problema grave»

Este é o primeiro pensamento de quem está a tentar engravidar há dois, três meses... Calma! A gravidez não tem de acontecer de repente. Depende de caso para caso e o essencial é conhecer bem o seu corpo e ciclo menstrual, sabendo que, em cada mês, há poucos dias efetivamente férteis. Rodeie-se de informação credível e não dê ouvidos a tudo o que lhe dizem.

«Se deixar de usar um método contracetivo, vou engravidar logo»

Até pode ser verdade no caso do uso de preservativo (ou qualquer outro método contracetivo de barreira). Mas, no caso da pílula (e de outros métodos de interação hormonal), o corpo pode precisar de mais tempo para voltar ao seu ritmo natural e aos níveis hormonais adequados.

«Ficarei grávida se tiver relações sexuais 14 dias depois do primeiro dia de menstruação»

A não ser que tenha um ciclo perfeito de 28 dias, não há forma de adivinhar o dia concreto da ovulação. O ciclo menstrual muda de mulher para mulher e até de mês para mês. O único fator constante é os dias férteis serem os dois dias anteriores à ovulação e o próprio dia da ovulação.

«Quantas mais vezes tiver relações sexuais, maior é a probabilidade de engravidar»

O importante aqui não é a frequência mas sim o timing, o dia certo. Concentre os esforços nos dias antes e depois da ovulação. Caso não conceba nestes dias, dificilmente conseguirá engravidar durante o resto do ciclo. Descanse e desfrute. Sem pressas.

«Não temos de mudar nada no sexo para conceber»

Depende mas podem ser feitos alguns ajustes para facilitar a gravidez. Independentemente da posição utilizada durante o sexo, o objetivo é evitar a perda de sémen para o exterior e, por isso, tente que este fique no sítio certo. Opte também por uma posição de penetração mais profunda de forma a que a ejaculação ocorra o mais perto possível do colo do útero, onde o óvulo está à espera.

Veja na página seguinte: Problemas de conceção na idade adulta

Comentários