Mentes brilhantes

Atividades lúdicas que aceleram o raciocínio

Cada som ou imagem que vê é uma ferramenta importante de aprendizagem.

 

As inúmeras combinações possíveis de formas, palavras e números estimulam o raciocínio da criança, levando-a a querer chegar sempre mais longe.

Puzzles, jogos de magia ou de construção são algumas estratégias que os ajudam a pensar, mas às vezes não precisa de muito para pôr as suas cabecinhas a funcionar. Basta uma pitada de desafio com uma boa dose de apoio à mistura para o resultado ser um êxito. Experimente! Comece, desde já, a habituar o seu filho a puxar pela cabeça. Tenha em conta que as idades referidas são meramente indicativas e podem variar de criança para criança.

Arranha-céus (1 ano)


Um conjunto de blocos empilháveis, caixinhas ou copos de plástico podem transformar o seu filho num engenheiro de sucesso com apenas um ano de idade. Além de favorecer o aperfeiçoamento de capacidades motoras, fazer construções fomenta o desenvolvimento cognitivo e criativo.

Assim, vista a pele de ajudante de obra e partilhe este momento de diversão. À medida que o seu nível vai melhorando pode aumentar a complexidade do jogo ensinando-lhe as cores e incentivando-o a selecionar os cubos, por exemplo.

O adivinho (3 anos)

Desafie as capacidades divinatórias do seu filho. Selecione um objeto que esteja, por exemplo, na sala num local visível e peça-lhe para adivinhar o seu pensamento. Dê-lhe algumas pistas como a cor do objeto, um pormenor e deixe-o tentar adivinhar o que é (continue a dar pistas para o ajudar). Uma vez terminado o jogo, inverta os papéis e diga à criança para lhe dar algumas pistas sobre o objeto em que ela está a pensar.

Números fugitivos (4/5 anos)

Um jogo simples que pode fazer usando apenas etiquetas autocolantes e uma caneta. Estabeleça um trajeto que a criança terá de fazer, escreva um número em cada etiqueta e disponha-as pela casa em locais visíveis e de fácil acesso.

Conduza a criança até à área a explorar e explique-lhe o objetivo: seguir as etiquetas pela ordem até chegar ao número final, por exemplo, o 10. Aí coloque uma recompensa (guloseima ou brinquedo pequeno). Neste jogo, podem também ser usadas etiquetas coloridas (menor grau de dificuldade) ou com as letras do abecedário, ideal para os mais crescidos.

Comentários