Filhos pequenos, manhãs apressadas: Será uma missão impossível?

Para muitos pais, sair de casa de manhã é uma verdadeira aventura. Aqui ficam algumas dicas para facilitar a rotina de sair de casa de manhã com filhos pequenos.

Por Ana Amaro Trindade, Psicóloga Clínica
Carolina N. Albino, Especialista em Ritmos de Sono do Bebé

 

Pais e filhos têm necessidades muito diferentes: para os pais é importante não haver atrasos, a higiene e a organização; já os filhos não querem ser apressados, querem apenas aproveitar o momento, divertindo-se. Muitas vezes, estas necessidades tornam-se difíceis de conjugar e dão azo a conflitos logo pela manhã, quando os pais tentam sair de casa rapidamente e os filhos “não colaboram”.

 

Todas estas questões se resumem ao alinhamento de hábitos - estando os hábitos de sono também envolvidos. Se a criança dorme menos do que precisa durante a noite, o acordar vai ser difícil, com rabugice, sem paciência e, como consequência, a criança vai ter pouca, ou nenhuma vontade de colaborar. Será difícil esperar que uma criança que, desde bebé, tem o hábito de se deitar tarde e dormir menos horas do que necessita, consiga estar bem-disposta e colaborante de manhã cedo. Assim, é importante que antes de se lidar com as manhãs, se lidem com as noites e, de preferência, o quanto antes. Os bons hábitos de sono devem ser ensinados nos primeiros meses de vida e consolidados a partir daí (mas, caso tal não tenha sido feito, nunca é tarde para começar).

 

Para “colher” boas manhãs, “semeie” boas noites:

 

- Oriente o seu filho numa rotina com horários ajustados à sua idade - por exemplo, jantar às 21h compromete um horário saudável de sono, e o acordar cedo no dia seguinte. O sono do “serão” (20h-00h) é de extrema importância e promove a qualidade do sono na madrugada, o que, por sua vez, promove o acordar mais funcional no dia seguinte.

 

- Garanta que o seu filho dorme o suficiente. O número de horas de sono dependente da idade do bebé/criança e deve ser a seguinte, em 24h (incluindo sono noturno e diurno – enquanto há sesta, até aos 4/5 anos):

 

1 semana- 16 horas

3 meses - 15 horas

9 meses -14 horas

2 anos - 13 horas

3 anos- 12 horas

5 anos - 11 horas

9 anos -10 horas

11 anos - 9 horas

17 anos - 8 horas

(Por R. Ferber)

 

- Termine o dia de forma tranquila, com bons hábitos, como ler uma história, fazer um resumo positivo das conquistas do dia da criança ou fazendo a previsão das tarefas matinais do dia seguinte.

Comentários