Atividades extracurriculares não podem sobrecarregar as crianças

Futebol, ballet, natação, música, ginástica, dança, aprender línguas... Há cada vez mais pais a querer ocupar os filhos mas existem regras que ajudam a escolher as opções mais indicadas. Indicamos-lhe cinco!

Saiba como gerir o tempo livre dos seus filhos, sem os sobrecarregar com atividades que não os fazem felizes. Siga as dicas de Sofia Nunes da Silva, autora do livro «Psicóloga de família», editado pela A Esfera dos Livros, que lhe aponta cinco cuidados a ter para não prejudicar as crianças:

1. Motive-os para a prática de uma atividade, mas não imponha os seus gostos.

2. Espere algum tempo para perceber se estão realmente a gostar da atividade.

3. Tenha sempre em conta o tempo disponível para os trabalhos de casa, para a família e para brincar.

4. Não os inscreva em demasiadas atividades, podem não estar preparados para as desenvolver.

5. Se praticar algum desporto, pode incluir os mais pequenos. É uma forma de passarem mais tempo juntos.

artigo do parceiro:

Comentários