Atividades de Halloween que reforçam laços entre pais e filhos

Ideias originais para desenvolver em família (fotos)

Portugal era, até muito pouco tempo, um país que pouco ou nada ligava ao Halloween mas, nos últimos anos, a celebração das bruxas e das abóboras assustadoras tem vindo a conquistar adeptos. Aproveite esta ocasião para passar mais tempo com o seu filho, desenvolvendo atividades que aumentam a coesão familiar.


Faça um fantasma decorativo para o quarto da criança. Dobre uma folha A4 ou uma cartolina branca ao meio e, usando uma tesoura própria para actividades infantis, ajude o seu filho a fazer um corte lateral mais estreito em cima e mais largo em baixo, de modo a apresentar o aspeto de um fantasma ou de um foguetão quando aberta. De seguida, recorte a base da figura, criando ondulações. A criança poderá depois pintar e decorar o fantasma.


Outra das atividades que podem empreender é criar umas asas de morcego. Para tal, precisa de duas folhas de cartolina preta. Procure uma imagem deste animal na internet para ter uma ideia mais precisa e desenhe, de forma simétrica, uma asa em cada uma das folhas. De seguida, junte-as, agrafando-as ou colando-as. Agrafe-as ou cosa-as depois a uma tira de elástico ou de tecido larga que a sua criança possa enfiar debaixo do braço e vá brincar com o seu pequeno monstro para o jardim.


Faça um lápis fantasma para o seu filho levar para a escola. Pegue num quadrado de tecido branco, num pouco de algodão e num pedaço de fita preta. Envolva a extremidade do lápis (a parte oposta ao bico) num pedaço farto de algodão, cubra com o tecido e ate com a fita, fazendo um lado. Com um marcador grosso, desenhe depois os olhos da criatura e já está!


Se o seu filho gosta de pintar, aproveite para decorar uma abóbora. Além deste vegetal, precisa de tintas e de pincéis e a imaginação é o limite. Pode desenhar fantasmas na abóbora com tinta branca ou morcegos com tinta preta, pode criar uma figura assustadora com uns olhos esbugalhados e uns dentes de arrepiar ou ainda cobri-la de riscos, como se de uma teia de aranha se tratasse. Passada a data, pode usar a abóbora para fazer uma deliciosa sopa, cheia de vitaminas!


Se não dispõe de tempo para atividades deste tipo ou se não é muito dado a trabalhos manuais, tem sempre a hipótese de recorrer a uma forma de celebração mais tradicional, mascarando a criança com roupas e acessórios disponíveis no mercado, comprando-lhe uma guloseima em forma de caveira ou de bruxa (à venda em lojas especializadas) ou, pura e simplesmente, vestindo-a com uma camisola, um pijama ou umas meias com figuras alusivas a esta data, também à venda no mercado.

artigo do parceiro:

Comentários