Trilhos e segredos de Monsanto em guia

Histórias, percursos e equipamentos do pulmão verde de Lisboa

Descobrir Monsanto. A pé ou de bicicleta. Este é um dos
grandes objectivos do lançamento do Guia do Parque Florestal
de Monsanto.

Esta edição, da responsabilidade da autarquia de Lisboa,
desvenda muitos aspectos desconhecidos ou pelo menos
pouco divulgados sobre o grande pulmão verde da capital.

Escrito por diversos especialistas, este guia é um autêntico
manual não só para os apaixonados por Monsanto
como para quem gosta de passeios e actividades ao ar livre
e serve para recordar que, ali mesmo paredes meias com a
cidade, existe um espaço único extremamente rico em fauna
e flora, que permite uma série de actividades saudáveis
e tendentes a contrariar o stress quotidiano.

Além dos aspectos históricos e da evolução da vegetação
do parque desde a sua criação no início da década de
30 do século passado, a obra agora disponível versa temas
tão diversos como as orquídeas, os fungos, as aves e os
répteis e anfíbios de Monsanto.

Trilhos, acessos, percursos pedestres e cicláveis,
equipamentos, sistemas de vistas, mapas, um autêntico
manancial de informação útil para descobrir ou redescobrir
este parque florestal repleto de carvalhos e vegetação
mediterrânica ao qual é possível chegar a partir da rede ciclável
de Lisboa, quer desde o percurso do Corredor Verde
do Parque Eduardo VII, quer por um percurso que começa
no Parque das Nações. O Guia do Parque Florestal de Monsanto
encontra-se disponível por € 10,00 na livraria municipal da autarquia e
no Espaço Monsanto.

artigo do parceiro:

Comentários