Europa por menos de 10 euros

O que fazer em oito das principais cidades europeias sem arruinar o seu orçamento

Já sabemos que este ano os orçamentos para férias são apertados mas, mesmo assim, não queremos que deixe de viajar.

Por isso, mostramos-lhe o que pode fazer gastando menos de 10 € em oito cidades do Velho Continente. Sim, leu bem. 10 €!

Siga os nossos conselhos e descubra o que pode ver ou comer a preço de saldos.

Amesterdão

No que se refere a espaços museológicos, não perca Our Lord in the attic (8 €) um dos museus mais antigos da cidade. No exterior, parece uma casa normal, mas a fachada esconde uma mansão do século Xvii que, no sótão, tem uma igreja construída na altura em que os católicos viram o seu culto proibido na cidade. É palco de várias exposições de arte contemporânea e sacra. obrigatórios são também o Amsterdam Museum (10 €) para conhecer toda a história da cidade e o Anne Frank Museum (9,50 €), na casa que outrora pertencia à família frank e que faz perdurar a memória da jovem judia.

No que se refere à gastronomia típica deste país, também temos uma sugestão. Prove as bitterballen (bolas de carne com vegetais) e as vlaamse frites (batatas fritas servidas com maionese), à venda nas bancas de rua e que custam, em média, 6 €. Se não resiste a do-ces, não deixe de ir a um supermercado local para adquiririr uma embalagem de roombo-ter, bolachas tipo belga recheadas com um creme de mel, melaço e manteiga (2,5 €).

Amesterdão

Londres

Em Londres respira-se música e, como tal, são inúmeras as bandas novas à espera de uma oportunidade, pelo que há vários clubes noturnos que são um palco privilegiado para os seus primeiros concertos com bilhetes económicos. O Earmusic (5,80 €) e o Windmill Brixton (a partir de 3,50€) são um bom exemplo. Se prefere teatro, as peças de teatro são outros dos chamarizes de Londres e existem alguns descontos interessantes.

Por exemplo, se não se importar ficar de pé (5,80€) no National Theatre ou esperar pelas 18h30 para comprar um bihete, na modalidade pay what you can (é sugerido o pagamento de 5,80 €) para o espetáculo da noite quando os bilhetes normais estão esgotados no Arcola Theatre. Os mais cinéfilos não podem deixar de ir ao Prince Charles Cinema, uma das salas de cinema mais emblemáticas da capital inglesa e com melhor programação, onde conseguem ver filmes a partir de 7,50 €. Em cartaz, estão não só as novidades mas algumas retrospetivas.

A comida de rua é uma das soluções mais económicas na capital londrina. Na Eat My Pies presente em vários mercados, pode provar as tartes e empadas do chef andy bates, a partir de 2,31 €. Se, mais do que no estômago, pensa sobretudo em arte, na The Courtauld pode encontrar uma coleção ímpar de quadros impressionistas e pós-impressionistas, para além de exposições temporárias sempre interessantes. A entrada custa 7 €.

Londres

Paris

Paris é uma cidade de museus vibrantes. Visite o Museu Delacroix, onde pode ver grande parte das obras deste pintor francês, cujas entradas custam apenas 5 €. Pode visitar ainda o Museu D'Orsay por 9 €, dentro da estação com o mesmo nome e com criações artísticas entre 1848 e 1914. Todos os primeiros domingos de cada vez, pode também visitar, gratuitamente o Museu do Louvre. Tente, no entanto, ir cedo e aceder pela entrada do Carrousel du Louvre, para evitar as (longas) filas.

Aproveite também para conhecer os bastidores da Ópera de Paris no Palais Garnier, uma obra-prima de arquitetura, inaugurada no século XIX, por 9 €. Por apenas mais 50 cêntimos, visite também o Arco de Triunfo, um dos símbolos da cidade que marca o início dos Champs Elysées. Na Catedral de Norte Dame, a visita à igreja é grátis mas, se quiser subir às torres, terá de pagar bilhete (8,50 €). A vista é, no entanto, magnífica, pelo que não se arrependerá de dispender essa quantia.

Quando tiver fome, além dos crepes em cada esquina, experimente por exemplo o Camion qui Fume, uma rulote com ótimos hambúrgueres com batatas fritas a preços na casa dos 10 €. Se gosta de teatro, vá até ao teatro estatal francês, conhecido como Comedie Française, e que tem três salas diferentes onde pode ver o melhor do teatro gaulês a partir de 6 €.

Paris

Roma

Na imponente capital italiana, muitos dos monumentos são pagos. A Villa Borghese, para além dos magníficos jardins (que são de acesso livre) tem também um museu encantador com artes plásticas do século XVII e XVIII. A entrada para o museu custa 9 €. Por menos 50 cêntimos, não pode perder também o Museu de Ara Pacis, desenhado pelo arquiteto Richard Meier, um dos poucos edifícios modernos da Cidade Eterna. Lá dentro vai poder ver, além de outras obras, o altar Ara Pacis Augustae, construído a mando de César Augusto para celebrar o período de Pax Romana.

As gelatarias que pululam por toda a cidade são uma verdadeira tentação que não deve recusar. Dificilmente conseguirá resistir a juntar mais do que um sabor (não vai pagar mais do que 5€ desde que coma um copo normal ou um cone). Quando for à Fontana de Trevi, entre na Il Gelato di San Crispiano e não se vai arrepender. Subir à cúpula da Basílica de São Pedro, de Michelangelo, é uma experiência que não pode perder e, se subir os 551 degraus, só terá de pagar 5 €. Se for de elevador, despende 7 €.

Roma

Budapeste

Segundo a história, o famoso conde drácula esteve prisioneiro no budavári Labirintus, um complexo de caves debaixo do Castelo de Buda, que deve visitar sem hesitar (6,90 €). Certamente que já ouviu falar nos banhos termais de budapeste e, se quiser apenas observar um dos costumes mais enraizados da população, pode fazê-lo comprando um bilhete de visitante por 5,70€

No que se refere a passeios, o Danúbio é um dos rios mais emblemáticos da Europa e, como tal, não pode deixar de aproveitar a oportunidade de o navegar e desfrutar do panorama extraordinário da cidade e dos seus monumentos, muitos deles Património Mundial da UNESCO. o passeio dura uma hora, custa 8,85 € e inclui uma bebida. Se tiver fome, não deixe de provar uma das delícias de Fözelékfalo, uma cadeia de self-service onde pode degustar a verdadeira comida húngara com preços a partir de 4 €.

Budapeste

Dublin

A capital da irlanda merece longos passeios pelas suas suas. Ao deambular pela cidade, visite a Kilmainham Goal (6 €), uma das maiores prisões desativadas na europa, que tem patente uma exposição sobre a história política e penal do local, que albergou muitos dos nomes importantes da independência irlandesa. O tour inclui um espetáculo audiovisual. No Irish Film Institute, tem acesso ao melhor cinema independente irlandês e internacional com bilhetes a 8,90 €. Aqui pode conhecer muita da filmografia da Irlanda.

Visitar o maior parque verde da cidade (Phoenix Park) de bicicleta é uma excelente forma de conhecer todos os recantos do jardim, que tem uma ciclovia fantástica, sem se cansar muito. O aluguer custa 5 € por uma hora e 10 € por três horas. Quando a sua barriga começar a dar horas, Dux & Co. é um dos nomes que tem de pôr no seu roteiro. Está presente em mercados, festivais e, desde o ano passado, tem também um restaurante que serve menus de almoços até 7,50 € ou pratos para partilhar a partir de 6 €.

Dublin

Praga

Um dos museus a visitar na capital da República Checa é o Dox Centre for Contemporary Art , Architecture and Design, onde pode ver as mais interessantes exposições de arte contemporânea da cidade por 7 €. Depois, se é apreciadora de cerveja, vá até ao Prague Beer Museum. Esta bebida é um dos ex-líbris da capital da República Checa e neste museu pode provar até 30 dessas bebidas (até 10 €).

De seguida, suba à Petrin Tower para ver a cidade no alto de uma colina, onde se chega por funicular. É uma espécie de Torre Eiffel (o objetivo foi mesmo fazer uma imitação) mas mais pequena. Tem dois decks de observação, um deles a 55 metros do chão. O Zoo de Praga (7,80 €) é um dos locais mais procurados pelas famílias da cidade para darem um passeio e ter contacto com várias espécies de animais que o habitam, um dos espaços recria uma selva indonésia.

Praga

Estocolmo

Não são o seu principal cartão de visita mas os museus que existem na capital sueca merecem uma visita atenta. Com 3,50 € pode entrar no Swedish Museum of Architecture e conhecer o que de melhor se faz na Suécia na área da arquitetura, design e desenvolvimento urbano sustentável. Não perca também as exposições temporárias sobre as mesmas temáticas mas com uma abertura ao trabalho efetuado noutros países.

Visite a Stadshuset ou câmara municipal, um dos edifícios emblemáticos da cidade e um exemplo do período do romantismo. Terá direito a uma visita guiada, com preços a partir de 6,90 €, no local que também é conhecido por receber o grande banquete dos Prémios Nobel. Quando a sua barriga começar a dar horas, prove o korv, o cachorro de estocolmo com molho de tomate picante e mostarda doce acompanhado de chucrute (gastará menos de 10 €). Experimente fazê-lo no mercado de Östermalms, onde pode conhecer os produtos locais.

Estocolmo

artigo do parceiro:

Comentários