Está a tentar engravidar e vai viajar?

Os cuidados a ter durante uma viagem segundo um especialista em medicina do viajante

A gravidez é sempre um período muito sensível da vida da mulher, quer no plano físico quer no plano psíquico. Quanto menos sobressaltos existirem durante a gravidez, mais calma e saudável estará a mãe e, necessariamente, o bebé.

A gravidez não é contraindicação para viajar. O problema de hoje tem a ver com vacinas e medicamentos que pode ser necessário administrar a uma grávida (e não só à que viaja) que exigem precaução.

As vacinas

Existem diferentes tipos de vacinas, para diferentes tipos de agentes infecciosos (sobretudo vírus, mas também bactérias). Os estudos das vacinas na grávida são, na maioria dos casos, limitados ou inexistentes. Assim, a informação passada às mulheres que querem engravidar é, também, incompleta e, por isso, susceptível de más interpretações. Regra geral, desaconselha-se à grávida a fazer vacinas, exatamente por essa falta de informação.

Sabemos que as vacinas com vírus vivos, atenuados (como é a vacina da febre amarela) podem dar origem a potenciais riscos para a mãe e para o filho, mas também sabemos que algumas vacinas recombinantes (como a da hepatite B) podem e devem ser efetuadas, mesmo durante a gravidez, se existir risco de doença para o bebé. A decisão de efetuar a vacinação numa grávida deve ser sempre do seu médico obstetra.

Caso a caso

No caso de vacinações em Medicina do Viajante, exceptuando a vacina da febre amarela, obrigatória para a entrada em países endémicos, todas as restantes vacinas podem ser avaliadas segundo o princípio do risco/benefício.

Se o risco de transmissão da doença é baixo, ou pode ser evitado com outras medidas preventivas (alimentares, no caso de doenças transmitidas por águas e alimentos, proteção individual e repelentes no caso de doenças transmitidas por insetos), a viajante grávida, sempre por decisão médica, poderá viajar sem vacinas.

Se existir risco elevado de transmissão da doença e a viajante grávida não puder evitar viajar, será tomada a decisão de vacinar, em função do tipo de vacina, trimestre da gravidez e sempre de acordo com o médico obstetra.

Comentários