5 atrações futuristas imperdíveis

Farto dos parques de diversões tradicionais? Faça as malas e vá já para o Futuroscope, um espaço de lazer repleto de simuladores, projeções em 3D, escorregas alucinantes e o primeiro bar aéreo do mundo

O futuro é divertido e pode ser de gritos. Localizado em França, nos arredores de Poitiers, o Futuroscope é um parque temático diferente de todos os outros. Aberto anualmente entre fevereiro e janeiro, está repleto de atrações surpreendentes e premiadas internacionalmente, onde não faltam simuladores, espetáculos ao vivo, projeções em 3D, escorregas alucinantes e muito mais, além de instalações artísticas de criadores de renome. Estivemos lá a convite da direção do parque e da companhia de aviação lowcost Transavia e dizemos-lhe o que vale (mesmo) a pena:

1. O incrível mundo de Artur

Em 2012, foi eleita a melhor atração do mundo pela Themed Entertainment Association (TEA) e é também a nossa favorita. Inspirada no filme de Luc Besson «Artur e os Minimeus» e idealizada pelo próprio, «Artur, Aventura 4D» garante uma experiência de emersão total. Este simulador leva-nos numa corrida a contrarrelógio nas costas de uma joaninha voadora, por entre grutas, flores, insetos gigantes e cidades em miniatura, num cenário tecnológico com movimentos sincronizados e efeitos especiais. Gostámos tanto que repetimos!

2. Robôs que dançam

Imagine um braço robótico com uma cadeira de dois lugares que se agita loucamente ao som da música do famoso DJ Martin Solveig, profissional que já trabalhou com grandes nomes como Madonna e que em 2010 lançou o hit single «Hello», durante 90 segundos. «Dança com os robôs» junta 10 máquinas bailarinas numa sala escura e faz-nos gritar logo ao primeiro movimento. A parte em que ficamos de cabeça para baixo é uma das mais divertidas!

3. Máquina de viajar no tempo

Também à base de simuladores, «A máquina de viajar no tempo» foi eleita a melhor atração do mundo em 2014 pela TEA e leva-nos a regressar a épocas antigas, na companhia de um divertido grupo de coelhos, os Rabbids. Em 2014, recebeu ainda o prémio referente ao melhor aparato cénico na cerimónia de entrega dos European Star Awards O único momento em que não temos vontade de rir é quando sentimos um grupo de cobras (virtuais) a passar-nos debaixo dos pés. Ai!

4. Tomar uma bebida nas alturas

A 35 metros de altura e com o aspeto de um OVNI, o Aérobar (na imagem), o primeiro bar aéreo do mundo, garante uma experiência única, ainda que possa não ser a mais relaxante. A subida é relativamente tranquila e a vista lá de cima é fabulosa. Mas o facto de estar sentado (preso) em cadeiras sem chão debaixo dos pés não é para qualquer um. Pense bem antes de subir porque são oito minutos literalmente nas nuvens!

5. Escorregas que nunca mais acabam

O espetáculo com efeitos especiais inspirado no livro «O principezinho», a viagem ao fundo do mar em 3D, o espetáculo noturno que todos os dias encerra as atividades e o alucinante simulador que nos leva a descobrir as belezas da região em kart e em Citroën 2CV, outras das grandes atrações do Futuroscope, valem muito a pena, mas os enormes escorregas do novo pavilhão Arena Fun Experiences, uma das novidades de 2015, geram mais adrenalina. Na primeira descida, há que confessá-lo, gritámos. Muito!

Veja na página seguinte: O preço das entradas e outras informações úteis

Comentários