Conversas de mulheres

por Ângela Vieira

Já reparou no tipo de conversas que tem com as suas amigas?

Já reparou na forma como as mulheres criam um espaço de empatia interior com os problemas das outras pessoas, especialmente dos problemas das mulheres e crianças?

Nunca se perguntou porquê?

Possivelmente já! E também é provável que o porquê até possa estar associado à ideia de que as mulheres são mais emocionais e por isso conseguem compreender melhor os problemas. Até costumam dizer que as mulheres têm o coração do tamanho do mundo, não é?

Sabe o que tenho descoberto, através da minha própria experiência pessoal? Que isso é apenas uma forma de separação, e que apenas estimula o universo feminino a perpetuar padrões de sofrimento interior.

Como mulher conheço directamente o universo feminino que habita em mim, e como a mente é comum, é possível que muitos dos padrões que observo em mim e nas outras mulheres que fazem parte do meu mundo de experiências, sejam idênticos ao de todas as mulheres.

Outro dia estava a ouvir um programa de televisão e ouvi uma especialista em relacionamentos conjugais e sexo dizer que o número de divórcios estava a aumentar cada vez mais. Isso despertou em mim a vontade de partilhar algumas das ideias que sempre mantive sobre as mulheres e sobre os homens, e que não me parecem ser as ideias mais comuns.

Veja na próxima página a continuação do artigo..

O que procura?

Comentários