Lua Cheia no Grau 27 do Eixo Capricórnio / Caranguejo – 19 de Julho de 2016

Este ciclo vai trazer momentos, interações que surgem subitamente e que vão colocar tudo em causa no carácter da personalidade.

Neste ciclo lunar iremos ter a oportunidade de contactarmos com a estrutura do ego que se esconde em mecânicas defensivas inconscientes, hábitos enraizados no carácter que tem medo de se colocar em causa , registos holográficos da última etapa de evolução , Era dos Peixes, onde o medo de falhar se cristalizou no psiquismo interior e se manifesta num comportamento reactivo do ego defensivo … Uma necessidade inconsciente de ser sempre reconhecido, valorizado para que a sua identidade possa-se se sentir segura.

Existe no ser humano uma resistência em sentir este mecanismo, o comportamento defensivo acaba por manifestar uma dificuldade em fluir com o ambiente externo, estar inteiramente presente e sentir esta defesa instintiva, nem se apercebe da necessidade de justificação em validar a sua verdade.

Estar no fluxo requer estar flexível a esta mudança constante, disponibilizar-se internamente para sentir como esta estrutura de defesa está tão instalada na sua forma de estar em relação com o ambiente externo.

Mágoas , tristezas, raiva oculta , estados de frustração , são o fruto que essas mecânicas defensivas criam e que acabam por na verdade estar sempre sob vigília do ego, da persona que tem medo de estar sem este mecanismo de alerta , pois assim correria o risco de estas emoções saírem , ficarem à solta, isso é assustador para o ego que quer ter todo este fluxo emocional sob controle.

Quando falamos da analogia da criança interior, falamos precisamente desta liberdade de viver fora desta mecânica instintiva de defesa.

Muito se fala em liberdade de ser, questiono , será que as pessoas sabem o que é na verdade esta liberdade de ser?.

Muito se fala em ser autentico, ser espontâneo , estar presente, será que as pessoas sabem como construir esta atitude interna , esta disponibilidade interna?

O que procura?

Comentários