Teresa Chambel assume direção da revista Jardins

A arquiteta paisagista, que tem um blogue, já escreveu um livro e presidiu à Associação Portuguesa de Jardins e Sítios Históricos entre 2010 e março de 2014, já colaborava com a publicação

A arquiteta paisagista Teresa Chambel tem um novo desafio profissional em mãos. Vai dirigir uma das publicações temáticas que, em Portugal, lidera o seu segmento. «A revista Jardins agora é mais minha e vossa! Depois de mais de três anos a escrever mensalmente para a revista Jardins e dois números como diretora convidada, num momento de mudança da revista, com a saída do antigo diretor Luís Melo, fui convidada para ser diretora», revela a autora do blogue Um jardim para cuidar, que encara o novo projeto com entusiasmo e expetativa.

«Este é um grande desafio pois, sou arquiteta paisagista, bloguer e autora de um livro de jardinagem [«Um jardim para cuidar» publicado por A Esfera dos Livros] mas dirigir uma revista é algo que sei que vai exigir muito de mim. Vou dar o melhor que posso e sei para que a Jardins seja um instrumento indispensável para quem gosta de jardins, para quem tem jardim, varanda, terraço ou plantas em casa, para quem já tem alguma experiencia e para quem quer começar a jardinar. Em suma, para quem gosta de flores e para quem gosta de hortas», refere.

Licenciada em arquitetura paisagista pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa, Teresa Chambel participou, ao longo da sua vida profissional, em vários projetos de restauro e recuperação de jardins históricos, como foi o caso do desenvolvido para o Jardim Botânico da Ajuda. Tem um atelier de arquitetura paisagista desde 1998 onde desenvolve projetos de jardins, «maioritariamente privados», como sublinha. Paralelamente, teve uma rubrica sobre jardins no programa «Mundo das Mulheres», transmitido pela SIC Mulher em 2008.

Teve também uma rubrica quinzenal sobre jardins e plantas na RTP 1, no programa «Praça da Alegria», entre 2009 e 2012. Colabora regularmente com a revista Jardins, mantém o seu blogue e presidiu à Associação Portuguesa de Jardins e Sítios Históricos entre 2010 e março de 2014. «Gosto muito da revista Jardins que, neste momento, é a única do seu segmento em  Portugal. Tem ótimos colaboradores e excelentes temas e artigos e, a partir de agora, vai ter o meu cunho pessoal, alguns novos colaboradores e temas», antecipa.

Novos motivos de interesse em 2015

As opiniões dos leitores também vão merecer a atenção da nova diretora. «Todas as sugestões e temas serão bem vindos!», promete Teresa Chambel. Os primeiros resultados visíveis desta substituição poderão ser vistos a partir do final de janeiro de 2015, altura em que a edição de fevereiro irá para as bancas. «Por motivos da saúde do antigo diretor, não saiu a revista de dezembro/janeiro, motivo pelo qual pedimos desculpa a todos os leitores e assinantes», acrescenta ainda.

«Espero que, a partir dessa data, comprem mensalmente esta minha nova filha», pede ainda a arquiteta paisagista. Além da edição impressa da revista, a Jardins, uma das quatro que atualmente integram o portefólio de banca da empresa Plot – Content Agency, está também disponível online, no canal SAPO Lifestyle. Diariamente, encontra novos conteúdos e informação actualizada no site e também na página de Facebook da revista, que soma mais de 54.000 seguidores.

Texto: Luis Batista Gonçalves

artigo do parceiro:

Comentários