Mulheres com excesso de peso têm mais afrontamentos

Conclusão de um estudo sobre mulheres na menopausa

As mulheres na menopausa com mais massa gorda têm uma maior probabilidade de desenvolver sintomas vasomotores associados à menopausa, ou seja, afrontamentos e suores nocturnos.

Esta é a principal conclusão de um estudo publicado no "American Journal of Epidemiology", e divulgado pelo Laboratório JNeves, que procurou compreender a relação entre a massa gorda corporal e os sintomas da menopausa.

Das 1776 mulheres estudadas, 59% apresentavam sintomas vasomotores. À medida que a gordura corporal das mulheres aumentou, aumentou também a probabilidade destas sofrerem de afrontamentos e suores nocturnos.

Este resultado sugere a possibilidade do excesso de gordura corporal tornar mais difícil a dissipação do calor originário da sintomatologia vasomotora, aumentando-a.

Anteriormente, pensava-se que estes sintomas vasomotores eram menos comuns em mulheres menopausicas mais pesadas, uma vez que a massa gorda corporal permite a conversão da testosterona em estrogénio e, desta forma, as mulheres com mais massa gorda teriam uma maior fonte de reserva de estrogénios, o que as protegeria destes sintomas.

No entanto existem cada vez mais provas de que as mulheres mais pesadas podem sofrer de mais sintomas vasomotores durante a menopausa. Assim, a perda de massa gorda poderá ajudar as mulheres a reduzir os afrontamentos e os calores nocturnos durante a menopausa.

No estudo não ficou comprovado se esta perda de massa gorda terá implicações nas reservas de estrogénios de cada mulher e, consequentemente, na maior ou menor progressão de outras situações associadas à menopausa, como a osteoporose.

28 de Novembro de 2008

 

Comentários