Madonna repete gesto obsceno

Cantora volta a simular sexo oral com uma garrafa em nova produção fotográfica

Vinte e quatro anos depois de ter exemplificado aos bailarinos que a acompanhavam na digressão Blond Ambition World Tour, com uma garrafa, como praticava sexo oral, nos bastidores de um dos espetáculos da tournée de 1990, Madonna volta a repetir o gesto polémico.

A imagem surge na capa do calendário de fotografias para 2015 que a cantora acaba de lançar.

O artigo, que já pode ser encomendado online, inclui 16 fotografias de Tom Munro, Steven Klein e até da própria Madonna. A cena em que a intérprete de êxitos como «Vogue», «Music», «Ray of light» e «American life» mostra aos bailarinos com quem partilhou o palco há 24 anos como pratica(va) sexo oral é uma das mais emblemáticas do documentário sobre a digressão que a cantora estreou em 1991 no Festival de Cinema de Cannes, em França.

Intitulado «Madonna: Truth or Dare» nos EUA e «In bed with Madonna» no resto do mundo e realizado por Alek Keshishian, o registo visual mostra ainda a cantora a ser ameaçada de prisão pelas autoridades canadianas, em Toronto, por causa da sua cena de masturbação simulada durante a interpretação de «Like a virgin». Apesar de não ter alterado a performance, Madonna acabaria por não ser acusada de atentado ao pudor.

artigo do parceiro:

Comentários