Oito dicas para um casamento low cost

Planear um casamento em grande com um orçamento apertado é um desafio até para os mais experientes na matéria

Planear um casamento em grande com um orçamento apertado é um desafio até para os mais experientes na matéria. Se estiver a pensar uma boda tradicional com 150 convidados é caso para dizer que dificilmente “faz a festa” por menos de 15 mil euros (100 euros por convidado), incluindo o vestido, local, serviço de catering e diversão. Valor que, nos dias que correm, é impensável para muitos casais que pretendem dar o nó em plena época de austeridade.

Se está a pensar no grande dia, não deixe que este número a assuste e arruíne o seu dia especial. Há muitas formas criativas de ter o casamento dos seus sonhos sem grandes sacrifícios. Isso implica alguma imaginação, criatividade e “mãos à obra”. Uma dica rápida para cortar nos custos do casamento é na escolha do local e data do casamento. Poderá descobrir o sítio mais belo para dar o nó, mas no final das contas, o que realmente conta é a diversão. Comece os planos do seu casamento por este pormenor e poderá ver a fatura do casamento a baixar imediatamente.

1. Local

Existem sítios especializados na realização de festas de casamento, nomeadamente quintas ou restaurantes, com espaços para cerimónias, mas a preços um pouco mais elevados. Se conseguir reduzir a lista de convidados, procure poupar através de espaços gratuitos, como a casa de um familiar, que tenha um espaço ao ar livre, que se “ofereça” a sua casa por um dia como presente de casamento para o dia especial.

2. Case num dia de semana

Porque são datas mais disputadas e quando os convidados e noivos têm a agenda livre, aos fins de semana os preços dos espaços e até das animações que pretenda contratar, disparam. Se escolher um dia de semana (sexta-feira) ao final da tarde, verá que o preço que lhe irão apresentar será bem mais simpático.

Também poderá cortar no número de refeições a servir, para isso uma opção passa por trocar a receção, almoço e jantar por um lanche ajantarado.

3. Lista de convidados

Se a austeridade se faz sentir na organização do seu dia especial e tiver que cortar nos gastos, seja mais contida na hora de fazer a lista de convidados. É certo que num plano ideal estariam presentes todas as pessoas da família e amigos que fazem ou já fizeram parte da sua vida, no entanto, isso irá encarecer a conta final, pois implicará mais refeições e um espaço maior para albergar tantas pessoas.

4. Convite

Este item pode muito bem ser um dos mais importantes na organização do seu casamento, pois é através destes que os convidados vão conhecer os detalhes do casamento, como o dia, o local e como lá chegar. Uma forma de poupar na organização do casamento é comprar papel e envelopes, desenhar os convites no computador e mandar imprimi-los numa gráfica. Se tiver algum amigo designer talentoso, o resultado final poderá ser ainda melhor.

5. Decoração

Mesmo que não insista num casamento aparatoso, ao nível de uma estrela de cinema, existem aspetos que não podem ser esquecidos e qualquer noiva merece um casamento bonito. A solução é puxar pela imaginação. Belos arranjos florais ficam bem em qualquer decoração de casamento, se não tem ideias, procure inspirar-se em revistas ou sites. O brilho das velas também adiciona uma dose de charme a qualquer evento. Quanto à decoração das mesas, mais uma vez, pede-se que puxe pela imaginação e faça algo à sua medida e que tenha a ver com os noivos. Inspire-se  em sites como o Martha Stewart Weddings

6. Vestido de noiva

É um desejo transversal a quase todas as mulheres: querem sentir-se especiais e bonitas no seu dia de casamento. No entanto, um vestido de noiva facilmente chega aos 1000 euros e se o seu orçamento não permite que use “o” vestido que viu no catálogo, tem duas hipóteses para baixar a fatura: ver um vestido que goste e mandar fazer numa costureira ou então procurar um vestido low cost, de acordo com as suas possibilidades. Aqui ficam algumas dicas de lojas onde poderá encontrar o vestido de noiva de acordo com a sua carteira: cupido atelier, o Veste-me Outra Vez, o Maria Noivas, através da secção outlet, o Outlet das Noivas ou o Noiva Lusa, secção low cost.

7. Fotografias

Para poupar neste capítulo do casamento poderá, mais uma vez, recorrer a familiares ou amigos com talento para a fotografia e pedir-lhes para capturarem o momento de forma mais descontraída: em vez das tradicionais fotografias em pose, procurar imagens naturais. Outra ideia é comprar máquinas descartáveis e colocá-las nas mesas, de forma a que sejam os convidados a tirar fotografias.

8. Vá pela internet

Nos tempos que correm quase todas as pessoas acedem diariamente à internet. Se é o seu caso e dos seus convidados, o Zankyou é a ferramenta ideal para si e que permite-lhe poupar dinheiro. Este é um site de organização de casamentos que traz dicas de casamento, com uma ferramenta bastante útil que permite aos noivos criarem o seu site de casamento. Aqui os noivos poderão colocar a lista de presentes, passar informações, como o local da festa, as direções, estar sempre em interação com os convidados, assim como comparar preços de fornecedores de catering ou saber onde se pode comprar vestidos acessíveis.

O site de casamento é gratuito e está disponível por um período de 12 meses a partir da data de criação. O único custo está associado à lista de casamento e é uma tarifa de 1,85% sobre o valor oferecido, acrescido de 1,15 euros por pagamento.

artigo do parceiro:

Comentários