• Os alimentos que reduzem o risco de AVC

    Muitos dos ingredientes que ingere diariamente podem conduzir a um um acidente vascular cerebral. Descubra quais são os que deve evitar e os que pode comer para se proteger. (Revista Prevenir)

  • Como lidar com a paralisia do sono

    Conheça um pouco mais a fundo esta condição, aprenda a reconhecer os sintomas, o que fazer durante um ataque e os tratamentos que existem. (Strazzera)

  • Cirurgia ortognática: a correção da mordida e da estética do rosto

    Corrigir deformidades faciais e resolver problemas funcionais dos maxilares e dos dentes é a área de intervenção da cirurgia ortognática. (Strazzera)

  • O que os médicos não fariam se fossem pacientes

    Em casa de ferreiro, espeto de pau? Surpreenda-se com a opinião de 12 especialistas de diversas áreas da saúde, sintetizadas em meia dúzia de recomendações fundamentais. (Revista Prevenir)

  • Pânico: Entre o ataque e a perturbação

    Possivelmente todos nós já ouvimos alguém relatar um episódio em que se sentiu em pânico e, na verdade, a grande maioria de nós já experienciou ou experienciará, ao longo da sua vida, um ataque de pânico. No entanto, isto não quer dizer que tenhamos uma Perturbação. (Pin)

  • Trombofilia - tudo o que deve saber

    Conheça mais sobre esta condição silenciosa e as complicações sérias que pode trazer. (Strazzera)

  • A diabetes e as doenças cardiovasculares. Uma relação que pode tirar anos de vida

    A Diabetes Mellitus (DM) é uma doença que continua em expansão, apesar das diferentes campanhas e estratégias de prevenção implementadas e dos enormes recursos e esforços conjuntos postos em campo para inverter esta pandémica evolução. Um artigo do médico Pedro Matos, cardiologista da Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP). (Nuno Noronha)

  • Exames laboratoriais no despiste do neuroblastoma

    O neuroblastoma é um tumor derivado das células da crista neural que pode surgir em qualquer parte do sistema nervoso simpático periférico. Cerca de 65% dos neuroblastomas localizam-se no abdómen e mais de metade tem origem na glândula suprarrenal. As principais vias de metastização são a linfática e a hematogénia. (Germano de Sousa)

    A história da pequena Beatriz e de uma doença rara não diagnosticada

    Beatriz Morgado, "Pipoca" como é carinhosamente conhecida, tem cinco anos. Sofre de paralisia cerebral e de uma outra doença rara ainda não diagnosticada. Os pais estão “cansados” de não perceber o que se passa e só pedem um diagnóstico que permita investir em tratamentos mais eficazes. (Nuno Noronha)

  • Ter um AVC aos 30 anos é cada vez mais comum

    Anualmente, 6,2 milhões de pessoas no mundo são vítimas de acidente vascular cerebral. Saiba o que fazer quando a doença surge mais cedo do que se espera. (Revista Prevenir)

    O estranho caso das pessoas que não podem comer nem beber

    Sofrem de pseudo-obstrução intestinal crónica, uma doença que impede que o seu intestino absorva os nutrientes necessários e que se manifesta através de sintomas severos. (Nuno Noronha)

  • O que fazer para prevenir as contraturas musculares

    Anualmente, são muitos os portugueses que se queixam deste problema, motivado por sobrecargas excessivas. Saiba o que as causa e veja o que deve mudar para se proteger. (Revista Prevenir)

  • O poder terapêutico das violetas

    Estão associadas ao amor e à inocência mas também curam dores de cabeça. Muito rica em vitamina C e em vitamina A, esta flor contém ainda glicócidos fenólicos, flavonoides e mucilagem. (Revista Jardins)

  • Sabia que os antibióticos podem desequilibrar a flora intestinal?

    A diarreia é um efeito secundário frequentemente associado à toma de antibióticos e pode surgir durante a toma ou até 2 meses após o final do tratamento. Um artigo do médico Jorge Fonseca, especialista em gastroenterologia. (Nuno Noronha)

  • 6 comportamentos que previnem a diabetes

    Um estudo internacional garante que basta ingerir um refrigerante por dia para aumentar o risco de vir a sofrer desta doença em 50%. Mas há uma série de outros (maus) hábitos a evitar. (Revista Prevenir)

  • 4 sinais que alertam para problemas de prisão de ventre na mulher

    Pode ocorrer de forma ocasional ou persistente e, em todo o mundo, atinge uma em cada quatro pessoas. No caso da população feminina, a propensão é maior. Saiba porquê. (Revista Prevenir)

  • O que o medronho pode fazer pela sua saúde

    Este fruto, proveniente do medronheiro, tem uma forte ação adstringente e antissética, ajudando a tratar infeções urinárias e problemas de garganta. (Revista Jardins)

  • A reabilitação no pós-AVC. Três abordagens com resultados

    AVC significa “Acidente Vascular Cerebral” e é a principal causa de morte e incapacidade permanente em Portugal. O tratamento precoce é essencial, mas só poderá ser verdadeiramente bem sucedido quando a população for também consciencializada para a necessidade de se identificarem rapidamente os sinais e sintomas. Conheça três abordagens importantes na recuperação de um AVC. (Nuno Noronha)

  • Quero tratar os dentes, mas não tenho dinheiro. Como me posso financiar?

    O estudo "Cuidados de Saúde Oral – Universalização", da Nova School of Business and Economics, conclui que Portugal é o segundo país da União Europeia com maiores necessidades na área da Medicina Dentária, sobretudo no que toca a famílias com menores rendimentos. Fomos saber a melhor forma de financiar os cuidados dentários quando o orçamento familiar não é suficiente. (Nuno Noronha)

  • Nunca é tarde para prevenir a osteoporose

    A Dr.ª Ana Filipa Mourão, da Sociedade Portuguesa de Reumatologia, revela alguns dados sobre a doença reumática e explica como se pode fazer frente à osteoporose em qualquer etapa da vida. (Strazzera)

  • Quais são os sintomas do cancro da boca?

    O número de casos tem vindo a aumentar. João Caramês, professor catedrático da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa e diretor clínico do Instituto de Implantologia, responde à pergunta. (Revista Prevenir)

  • As doenças que os seus olhos revelam

    As patologias que o seu organismo esconde, mas que a sua íris denuncia, são facilmente detetadas através de um exame iridológico. Saiba em que consiste e o que pode fazer pela sua saúde. (Revista Saber Viver)

  • Ouvidos, nariz e garganta: cuidados básicos

    Os ouvidos, nariz e garganta são muitas vezes os grandes responsáveis, em conjunto ou em separado, pela utilização da expressão “Ficar de molho”. Doenças ou mal-estares destes três órgãos acompanham-nos desde sempre. Em crianças, são muito frequentes. Em adultos, são dos que mais prejudicam a nossa produtividade. (Prémio Cinco Estrelas)

  • 10 dicas para dizer adeus à sensibilidade dentária

    A saúde oral é muitas vezes descurada. E entre os problemas mais comuns, que podem ser evitados ou resolvidos, está a sensibilidade dentária. Saiba como combatê-la com apenas alguns gestos diários. (SAPO Lifestyle)

  • Hipnoterapia. Procurar a cura e combater medos com a ajuda de cavalos

    Há cada vez mais pessoas a recorrer à hipnoterapia para solucionar ou tratar problemas comuns como medo de alturas, de andar de avião, depressão, ataques de ansiedade ou de pânico. Um artigo da hipnoterapeuta Maria João Dias. (Nuno Noronha)

  • Este é literalmente um artigo de ...

    Existem algumas coisas entre as pessoas que são bastante comuns e desta vez estamos a falar de nada mais nada menos, do que cocó. (Strazzera)

  • A nutrição no cancro da mama: a importância do aconselhamento alimentar

    O “Outubro Rosa” é conhecido por ser o mês de sensibilização para a luta contra o Cancro da Mama. Como tal, a aTTitude não poderia deixar de sinalizar esta data. Um artigo assinado pela enfermeira Sara Torcato Parreira e pela nutricionista Ana Rita Lopes. (Nuno Noronha)

  • Testes genéticos que podem salvar vidas

    As inovações científicas sucedem-se a um ritmo alucinante. Seis reputados especialistas revelam o impacto que as análises preditivas podem ter na nossa vida. (Revista Prevenir)

  • Falta de conhecimento atrasa diagnóstico da esclerose tuberosa

    A esclerose tuberosa é uma doença rara para a qual ainda não existe cura, com uma incidência de 1 em cada 6000 casos em todo o mundo, o que representa um total de 1 milhão de pessoas. Um artigo do médico neuropediatra José Carlos Ferreira. (Nuno Noronha)

  • Devemos sempre pedir uma segunda opinião médica?

    É um direito do doente, ajuda a dissipar dúvidas, eventuais erros e a fazer opções mais esclarecidas e seguras. Se essa hipótese se colocar, sabe mesmo o que tem de fazer? (Revista Prevenir)

  • Congestão nasal e nariz entupido? Saiba o que fazer

    Com o inverno à porta, os dias frios não tardarão a chegar. (Prémio Cinco Estrelas)

  • O AVC no jovem adulto. Quais são as causas?

    O Acidente Vascular Cerebral (AVC), embora seja mais frequente no idoso, pode ocorrer no adulto jovem com morbilidade e mortalidade significativas. As causas e os fatores de risco para o AVC isquémico no jovem diferem em relação ao idoso. Um artigo da médica Maria Teresa Cardoso. (Nuno Noronha)

  • Gaguez: A sensação de ficar preso quando o som não sai

    A gaguez não tem causa emocional, é uma condição biológica. Estudos recentes demonstram que estamos a falar de uma condição com causa (sobretudo) genética, que poderá influenciar o desenvolvimento da estrutura e funcionamento do cérebro, com consequência no processo da fala. (Speech Care)

  • Música que acalma e canções que curam

    Cantar, dançar ou simplesmente ouvir temas musicais pode fazer muito pela sua saúde. Muitos especialistas já recorrem a sons calmos e vibrantes para aliviar a dor e suavizar o sofrimento. (Revista Prevenir)

  • A história da mulher que não sente dor e que até adormeceu enquanto dava à luz

    Marisa de Toledo, de 27 anos, brasileira, tem as mãos cobertas de cicatrizes e bolhas. Sofre de analgesia congénita e não sente qualquer tipo de dor. A doença - que afeta menos de 50 pessoas em todo o mundo - já lhe provocou vários problemas. (Nuno Noronha)

  • O AVC na criança. É raro, mas até pode acontecer durante a gravidez

    Um artigo da médica Rita Lopes da Silva, neurologista pediátrica do Hospital de Dona Estefânia. (Nuno Noronha)

  • A dor neuropática periférica: uma dor pior que a dor

    A dor neuropática é um tipo de dor comum na população. Só na Europa tem uma incidência de 8%. É uma dor crónica, muito intensa e debilitante e não tem função protetora. Um artigo da médica anestesiologista Maria Carlos Cativo. (Nuno Noronha)

  • Descubra algumas curiosidades sobre o cérebro

    O cérebro é um órgão em constante mudança e por isso é ainda difícil conseguir saber tudo acerca dele. Mas nós sabemos algumas curiosidades que vamos partilhar consigo. (Strazzera)

  • As alterações no Programa Nacional de Vacinação que tem de começar a interiorizar

    Em 2017, será posto em prática um novo esquema do plano, mais simplificado, que prevê mudanças em seis vacinas. Saiba quais são e veja os comentários do pediatra Mário Cordeiro. (Revista Prevenir)

  • Prática de exercício associada ao aumento do risco de cancro da pele e da próstata

    Apesar de vários estudos internacionais defenderem que a atividade física ajuda a prevenir a doença, também existem casos em que este pode não ser benéfico. Saiba quais. (Revista Prevenir)

  • A flor que pode ser usada para tratar a tensão alta e a artrite reumatoide

    Em tempos idos, os índios norte-americanos utilizavam a onagra para tratar úlceras e diversas doenças cutâneas. Em Portugal, as raízes e as folhas desta planta já fizeram parte dos hábitos alimentares. (Revista Jardins)

  • 6 terapias alternativas para acabar com os estados depressivos

    A depressão unipolar afeta cada vez mais pessoas. Portugal não é exceção. Conheça alguns dos tratamentos naturais disponíveis no nosso país, que oferecem uma alternativa aos tradicionais antidepressivos. (Revista Saber Viver)

  • Como apurar a audição com os alimentos certos?

    Uma alimentação correta tem impactos inimagináveis no organismo, incluindo nos ouvidos e, consciente disso, Alexandra Marinho, Audiologista da GAES – Centros Auditivos de Portugal, indica-nos os alimentos secretos para uma boa audição. (Nuno Noronha)

  • 90% dos casos de cancro da mama devem-se ao estilo de vida

    Apenas 10% das situações diagnosticadas têm origem em fatores hereditários. Saiba o que revelam os últimos estudos e veja o que pode fazer para se proteger. (Revista Prevenir)

    Como funcionam os antibióticos?

    As superbactérias resistentes aos antibióticos são um problema cada vez maior. Conheça o mecanismo de atuação dos antibióticos. (Nuno Noronha)

    Cancro da Cabeça e Pescoço: O André aprendeu com os erros do pai

    Todos os anos surgem, em Portugal, entre 2.500 a 3.000 novos casos de cancro de cabeça e pescoço, uma doença que afeta maioritariamente pessoas a partir dos 40 anos, mas que tem vindo a atingir os mais jovens. O consumo excessivo de tabaco e álcool são os principais fatores de risco para o aparecimento desta doença. (Nuno Noronha)

  • Como tratar um eczema

    Além de esteticamente não ser bonita, a reação inflamatória associada à dermatite atópica traz consequências negativas como a descamação, comichão e vermelhidão na pele. (SAPO Lifestyle)

  • Osteoartrose: da prevenção ao tratamento cirúrgico

    A artrose, osteoartrose ou osteoartrite são nomenclaturas que normalmente designam a mesma doença. Trata-se de uma patologia caracterizada por alterações degenerativas da cartilagem articular, e que afeta principalmente as articulações de carga, nomeadamente os joelhos, a coluna e as ancas. Um artigo do médico ortopedista Pedro Pessoa. (Nuno Noronha)

  • O teste Ophi-Breast6 na determinação do risco do carcinoma da mama e do ovário

    Diariamente, e em todo o mundo, são diagnosticados novos casos clínicos de cancro, pelo que a investigação contínua nesta área de intervenção é fulcral. (Germano de Sousa)

  • Opinião: A importância do trabalho multidisciplinar nos cuidados de saúde pediátricos

    A gestão da doença crónica na criança, o futuro adulto e a importância da abordagem multidisciplinar foram temas em destaque na primeira reunião nacional para especialistas em doenças imunomediadas em idade pediátrica. O Connecting Kids Care, evento promovido pela biofarmacêutica AbbVie, teve como objetivo promover a discussão em torno da utilidade desta abordagem em áreas como a Dermatologia, Gastroenterologia e Reumatologia. (Nuno Noronha)

  • É possível prevenir o Alzheimer?

    Os sintomas da doença podem confundir-se com o envelhecimento normal, mas o aparecimento de sinais de alarme deve motivar uma observação médica. Um artigo do médico neurologista José Vale. (Nuno Noronha)

  • Gestos e alimentos que vão proteger a sua visão

    Diz-se que são o espelho da alma mas nem sempre são preservados como se deveria. Veja os conselhos e as recomendações de um oftalmologista para uns olhos mais saudáveis. (Revista Prevenir)

  • Opinião: Treine as suas funções cognitivas e melhore a audição

    Um treino cognitivo regular é a chave para uma mente sã. Torna-se, assim, essencial estimular o nosso cérebro para conseguir utilizar todas as suas potencialidades na resolução de problemas e, também, para que exista um bem-estar físico e psicológico. (SAPO Lifestyle)

    Intolerância à lactose: os sintomas e os alimentos proibidos

    A intolerância à lactose é um tema controverso e muito falado nos últimos anos. Neste vídeo, a Prof. Teresa Branco fala sobre o aparecimento, os sintomas e os alimentos associados a esta intolerância. (Instituto Prof. Teresa Branco)

  • “Ouvidos sãos, mente sã” é a máxima para o Dia Internacional do Idoso

    É com o aumento da longevidade que surgem problemas de saúde associados à terceira idade, e um dos mais comuns é o desenvolvimento de presbiacusia, doença que leva a uma deficiência auditiva provocada pelo envelhecimento das células dos ouvidos. (SAPO Lifestyle)

  • 6 razões de saúde para caminhar durante todo o ano

    É o exercício mais simples, fácil e económico que podemos fazer. Fique a par das (muitas) virtudes desta atividade desportiva. (Revista Prevenir)

  • Sabia que o seu colesterol pode ser hereditário?

    É uma das causas mais comuns de doença cerebro-cardiovascular prematura (DCCVP), manifestando-se através de angina, enfarte do miocárdio (EAM), doença arterial periférica (DAP), acidente vascular cerebral (AVC), aneurismas arteriais e/ou morte súbita nos jovens adultos. (Nuno Noronha)

  • O que não devo dizer a uma pessoa com Alzheimer?

    Provavelmente não sabe, mas existem várias coisas que não deve dizer a uma pessoa com Doença de Alzheimer ou com outra demência. Saiba quais. Um artigo da neuropsicóloga Margarida Rebolo. (Nuno Noronha)

  • Puberdade precoce: Quando é cedo demais

    Porque há crianças que aos dois anos de idade sofrem de puberdade precoce? Saiba como surge, porquê e qual o tratamento (Susana Krauss)

  • Febre Hemorrágica Viral: O que é e como se transmite?

    A febre hemorrágica viral é um termo generalista dado a um conjunto de doenças causadas por algumas famílias específicas de vírus. São doenças graves, muitas vezes fatais que afetam múltiplos sistemas de órgãos. Uma artigo da médica Mariana Abreu Vieira, especialista em Medicina Interna no Hospital de Cascais. (Nuno Noronha)