Poupar em medicação

Saiba como pode fazê-lo sem prejudicar a sua saúde

Numa altura em que a crise se faz sentir como nunca, poupar é a palavra de ordem.

Reduzir custos e evitar gastos supérfulos são duas regras que não devem ser esquecidas, nem mesmo no momento em que se dirige à farmácia para comprar os medicamentos prescritos pelo seu médico.

Parece-lhe difícil poupar em medicação? Então tome nota dos conselhos:

- Opte por genéricos


Os princípios ativos são iguais aos medicamentos de referência e a grande diferença está no preço. Se o seu médico lhe passar uma receita, pergunte se existe um equivalente genérico para os medicamentos prescritos.

- Sempre que possível, tente comprar as doses que lhe ficam mais em conta

Por exemplo, se normalmente toma dois comprimidos de 500 mg, pergunte ao farmacêutico se existe o equivalente desse comprimido na dosagem de 1 g e faça as contas.

- Adira ao Cartão Farmácias Portuguesas

Com este cartão pode acumular pontos na compra de determinados serviços e produtos (não inclui medicamentos sujeitos a receita médica) que poderá trocar mais tarde por outros serviços e produtos. A melhor forma de poupar dinheiro em medicamentos é ter uma vida mais saudável.

artigo do parceiro:

Comentários