Plataforma online une médicos e doentes contra o VIH

Tal Como Tu disponibiliza vídeos com conselhos que ensinam a lidar com o vírus

Tal Como Tu é a primeira plataforma online nacional que une médicos e doentes na partilha das suas experiências com o vírus da imunodeficiência humana (VIH).

Dirigida às mulheres com VIH/SIDA, a criação da plataforma teve em consideração a existência de algumas particularidades relativamente à infecção no homem, nomeadamente o fator gravidez e menopausa.

Por outro lado, verifica-se que o VIH tornou-se, mundialmente, a primeira causa de doença e de morte entre as mulheres em idade fértil sendo que, em Portugal, existem mais de 10.000 casos de mulheres com a infecção, cerca de 30% do total de casos. Tal Como tu é alimentada de testemunhos vivos em vídeo protagonizados por médicas especialistas em VIH/SIDA e pessoas com VIH, que dão conselhos e falam das suas vivências relacionadas com o vírus.

As histórias e informação em vídeo têm como objectivo servir de apoio e partilha de experiências ligadas ao VIH, de forma a melhorar a qualidade de vida e ajudar a superar obstáculos e aproximar médicos e doentes fora do espaço saúde e de forma intemporal, sem imposições horárias ou barreiras geográficas. A plataforma Tal Como Tu evoluirá ao longo do tempo, com o aumento do número de testemunhos, tanto de profissionais como de doentes.

Para além de dados gerais sobre a doença, foi recentemente adicionada informação sobre bem-estar na mulher com VIH, que foca temáticas como a nutrição e o exercício físico, dando dicas simples e práticas de formas de melhorar a qualidade de vida destas mulheres. O site, produzido pela Hill+Knowlton Strategies em parceria com as associações de doentes Ser+ e Seres, promove a proximidade do profissional de saúde com a doente.

Este projeto, que conta com o apoio da Bristol-Myers Squibb e que  pretende colmatar o problema da ausência de informação específica para este público disponível, posiciona-se como uma plataforma de apoio e de orientação médica, onde as mulheres com VIH/SIDA podem visualizar vídeos que tentam responder às suas dúvidas e esclarecer o público no geral. Calcula-se que, a nível mundial, cerca de 50% das pessoas infetadas pelo VIH são mulheres, e esta doença é a quinta causa de morte das mulheres entre os 19 a 39 anos de idade.

artigo do parceiro:

Comentários