Pare já de fazer isto se está menstruada

Erros toda a gente comete, mas quando são sistemáticos podem ser prejudiciais à saúde.

A maioria deles provavelmente já os fez. Talvez por preguiça ou porque se encontrou numa situação em que era impossível dar a volta ao assunto ou porque teve dores incontroláveis... mas é bom ter consciência que o que se torna rotina pode tornar-se um malefício a longo prazo. Ponha de lado, de uma vez por todas, os erros abaixo indicados:

Não pule refeições - no período menstrual, as mulheres já perdem muito sangue, por isso é de extrema importância que faça as três refeições principais e que coma qualquer coisa entre cada uma delas. Se você come de forma desregular, isso prejudica o organismo e provavelmente sofrerá mais no período mais delicado do mês;

Evite comer de madrugada - o corpo não está pronto para digerir alimentos neste horário, principalmente os mais gordurosos;

Evite produtos lácteos - eles intensificam inflamações e agravam a dor da cólica;

Dormir com o tampão – este é conveniente ser trocado de 4 em 4 horas, independentemente que na caixa estejam escritas mais. O excesso de horas é um meio de cultura para bactérias que podem causar danos mais sérios: corrimento, infeções, feridas e em caso extremos de choque tóxico, a morte;

Usar tampão mais de 4 horas – mesmo que saiba que não tem muito fluxo é sempre conveniente mudá-lo. Não é conveniente deixar o sangue parado em contacto com a vulva durante muito tempo. Os riscos são os mesmos que os acima indicados;

Verificar o tampão quando sai da água do mar ou piscina – é sempre bom que conheça o seu corpo, a sua anatomia e a maneira como se adapta ao tampão que costuma usar, uma vez que se o mesmo ficar molhado, não é indicado que continue introduzido;

Não ferver o coletor menstrual – se já é adepta do copo deve saber que ao mesmo tem de ser feita a limpeza correta para que não haja risco de infeção. Não obstante, o uso de uma panela adequada ao objeto é fundamental, para além que a mesma não deve servir para mais nada nem ninguém;

Automedicar-se – se costuma sofre de dores saiba que há medicação própria para si. Basta que se aconselhe com o seu médico, em vez de optar por algo mais genérico que a longo prazo lhe pode afetar os rins, por exemplo; Usar roupa apertada – para além de já não ser algo aconselhável mesmo quando não está, o risco de irritações e infeções num ambiente abafado é grande, por isso se não quer ficar com uma candidíase, opte por roupa um pouco mais larga;

Relações sexuais sem proteção – uma vez que a menstruação é sangue, o risco de contrair alguma doença é ainda maior.

artigo do parceiro:

Comentários