O que é a medicina biológica e para que serve?

A Medicina Biológica é constituída por um conjunto de procedimentos diagnósticos e terapêuticos que visam a integridade do bio-sistema humano e, consequentemente, permitem exercer uma avaliação orientada para uma conceção sinérgica integral do ser humano.
créditos: AFP

Esta nova abordagem clínica avalia o seu corpo de uma forma global e através de um sistema integrado. A grande vantagem desta avaliação resulta do facto de que, ao olharmos para o organismo de forma integrada, não tratamos apenas sintomas mas identificamos e avaliamos também as causas.

Quantas vezes nos deparamos com situações de desconforto e sabemos que necessitamos de recuperar e que precisamos de uma resposta mais efetiva do que o simples medicamento para as dores?

Sabia por exemplo, que problemas alérgicos, dores de cabeça, irritabilidade ou problemas dérmicos podem ter origem no seu sistema digestivo? Com a adopção destes procedimentos conseguimos reequilibrar, corrigir, tratar e melhorar a função digestiva e intestinal, evitando assim a sobrecarga de medicamentos químicos cuja prescrição se destinam a simplesmente aliviar sintomas. Estes aparecerão novamente, mais tarde ou mais cedo, se a causa não for corrigida, podendo, na maioria dos casos, agravar-se com o tempo.

Não químico, não invasivo

A Medicina Biológica Integrativa permite restabelecer a saúde, prevenir doenças e minimizar os efeitos do envelhecimento, com base em processos biológicos sem recorrer a químicos e a métodos invasivos.

As técnicas terapêuticas utilizadas, direcionadas para a presevação da vida, são classificadas de acordo com as suas possibilidades como sendo terapias substitutivas, regulatórias e preventivas.

Comentários