O que comer no Inverno?

Enfrentar o frio com alimentação

Este Inverno tem sido particularmente frio. Temperaturas demasiado baixas para o que estamos habituados fazem-nos mudar alguns estilos de vida. Mas será que a alimentação também se modifica no Inverno? O que se deve comer nesta época do ano?

Como se sabe, a alimentação é um dos factores com maior influência na saúde. No Inverno, assume “particular importância na adaptação do nosso organismo ao frio, quer no que se refere ao aumento das necessidades energéticas, quer no que respeita à necessidade de reforço do sistema imunitário, que nos protege contra infecções”, defende a Dr.ª Graça Raimundo, presidente da Direcção da Associação Portuguesa de Dietistas (APD). Os alimentos a consumir devem ser preferencialmente os alimentos da época, “tais como a acelga, os espinafres, a couve, o repolho, a couve-flor, as couves-de-bruxelas, os cogumelos, as ervilhas, o feijão, a beterraba, o rabanete, a alface folha de carvalho e o agrião. No que se refere à fruta, deveremos dar preferência ao consumo de laranjas, tangerinas e kiwis”, acrescenta a dietista.

O consumo de alimentos da época tem importância devido a três aspectos: o nutricional, o económico e o ecológico. “A quantidade de nutrientes (vitaminas e minerais) que oferecem os alimentos da época (hortaliças e frutas) é maior, pois o seu desenvolvimento ocorre nas condições climáticas que lhe são adequadas. Além de serem também mais saborosos, economicamente são mais vantajosos para o consumidor”, explica Graça Raimundo. Deveremos ainda ter em conta que, ao consumir alimentos da época, estará a respeitar “o ciclo natural da produção que ajuda a preservar o meio ambiente”.

Comentários