Guia para o auto-exame da mama

É um cuidado simples que pode salvar a sua vida. Saiba como e quando o deve fazer

A prevenção é fundamental quando se pretende evitar qualquer dor ou doença da mama.

O auto-exame é a forma mais simples de detectar tumores nas fases iniciais e só demora alguns minutos.

Quando efectuar o auto-exame

- Se for menstruada, faça-o uma semana após acabar o fluxo, porque as mamas estão menos tensas e consequentemente mais fáceis de palpar e detectar qualquer alteração.

- Se já não for menstruada, escolha um dia certo do mês para fazer o exame, sempre no mesmo dia, para manter uma periodicidade mensal.

O auto-exame pode ser feito durante o duche, uma vez que o sabão facilita a palpação da mama. Esta deve ser feita percorrendo as mama e axilas com apolpa dos dos dedos, evitando as suas pontas ou unhas. Fazendo movimentos circulares, procure identificar nódulos ou outras alterações.

Atenção: este exame não substitui a visita regular ao seu médico. Perante qualquer alteração, deverá consultá-lo. Ele saberá aconselhá-la e indicar-lhe os exames adequados.

Auto-exame passo a passo

1. Coloque-se em frente de um espelho e observe a forma, a simetria, a cor e a textura da pele das mamas. Compare-as e veja se há alterações nos mamilos ou «covas na pele».

2. Levante os braços, coloque as mãos sobre a cabeça e verifique se aparece alguma assimetria ou «repuxamento».

3. Aperte suavemente os mamilos e veja se sai alguma secrecção. A saída de líquido só de um mamilo e apenas por um orifício é um sinal de alerta.

4. Deite-se e ponha uma pequena almofada por baixo das costas do lado que vai examinar. Coloque o braço debaixo da nuca e palpe a mama com a mão oposta. Procure identificar nódulos ou outras alterações. Repita este passo para a outra mama.

Fonte: 34 Copa B - Guia prático sobre a mama, a saúde e a sexualidade, Ana Paula Avillez (médica imagiologista especialista em Senologia), editora Academia do Livro

artigo do parceiro:

Comentários