Exercício na gravidez

Beneficia mãe e bebé. Saiba em que medida

De acordo com o Departamento de Obstetrícia, Ginecologia e Saúde da Mulher da Faculdade de Medicina de Saint Louis, nos Estados Unidos da América, as mulheres que fazem exercício durante a gravidez têm menos probabilidades de desenvolver certas doenças, como a diabetes gestacional, e também toleram melhor o parto.

Para além disso, o bebé também é beneficiado, uma vez que a sua frequência cardíaca fetal fica mais baixa.

Mas, não se esqueça, antes de começar a praticar desporto consulte primeiro o seu médico mesmo que seja uma praticante habitual, o seu treino terá de ser adaptado à sua condição física ao longo da gravidez.

Se puder fazer exercício

- Experimente

Yoga, natação, caminhada, danças ligeiras, bicicleta estática, corrida ou outro exercício aeróbio, sobretudo se o fazia regularmente antes de engravidar. E, claro, não se esqueça dos exercícios de Kegel, para fortalecer a musculatura pélvica e vaginal. São fundamentais para prevenir problemas de incontinência urinária.

- Evite

Mergulhar, qualquer exercício que implique movimentos bruscos ou que represente perigo de trauma abdominal, bem como fazer exercícios demasiado extenuantes.

Para além disso, a partir do quarto mês de gestação, deve excluir do seu plano de treino todos os exercícios que impliquem deitar-se de costas, pois essa posição compromete o adequado fluxo sanguíneo entre mãe e bebé.


artigo do parceiro:

Comentários