Enxaqueca

Mais do que uma dor de cabeça

A enxaqueca caracteriza-se por uma intensa dor de cabeça sob forma latejante que se concentra sobretudo num lado do crânio e que pode durar entre 3 e 72 horas.

Algumas enxaquecas são precedidas por um fenómeno chamado aura (distúrbio neurológico, caracterizado por alterações dos campos visuais, como breves relâmpagos de luzes coloridas e enevoamento da vista).

São ainda, em grande parte, desconhecidas, mas os factores desencadeantes mais habituais são o stress, as emoções, as tensões, as alterações climáticas e as oscilações hormonais características do ciclo menstrual. Nas pessoas mais susceptíveis a estes estímulos favorecem o aparecimento da dor de cabeça. Alguns alimentos e bebidas também são apontados como responsáveis.

Sintomas

A dor de cabeça costuma fazer-se acompanhar de náuseas, vómitos, enjoos, intolerância à luz e aos ruídos e mal-estar geral. Passada a dor, é frequente seguir-se um quadro de prostração física e mental.

Tratamento

Ao primeiro sinal de crise, o melhor é repousar num quarto escuro e silencioso e recorrer à medicação prescrita pelo médico, adaptada ao seu tipo de enxaqueca, que pode ir desde os analgésicos a uma associação de fármacos mais específica.

Comentários