Enurese

Saiba como tratar esta perturbação que afecta crianças entre os cinco e os seis anos

Esta perturbação define-se como doença quando ocorre depois dos cinco anos, duas vezes por semana, durante pelo menos três meses consecutivos.

A enurese caracteriza uma alteração sofrida pela criança que não controla a bexiga e que urina involuntariamente depois dos cinco ou seis anos de idade. Costuma ocorrer à noite e, pelo menos, duas vezes por semana.

As suas causas podem ser psicológicas (relacionadas com alguma circunstância que altere a vida da criança) ou físicas (motivadas por uma bexiga pequena ou doenças como a diabetes e/ou infecções urinárias, entre outras). Pode ainda dever-se a um mau treino relativamente ao uso da casa de banho ou a um sono muito profundo.

Tipos

Há uma distinção entre enurese primária (quando a criança nunca conseguiu controlar a bexiga) e secundária (ocorre quando, passados uns meses de conseguir controlar o esfíncter, a criança volta a urinar involuntariamente).

Tratamento

A utilização de dispositivos com alarme que detectam a humidade e acordam a criança é uma das formas de tratamento disponíveis. Em alguns casos, fármacos para diminuir o volume de urina.

Comentários