Doenças hepáticas: O fígado e a medição das enzimas

O fígado é o segundo maior órgão do corpo humano, desempenhando funções de glândula exócrina, ao expelir secreções através de um sistema de canais na sua superfície externa e através da glândula endócrina, que liberta substâncias no sangue.
créditos: AFP/PASCAL LACHENAUD

São inúmeras as doenças hepáticas. A maioria apresenta sintomas iniciais ligeiros e por vezes o doente procura aconselhamento médico quando a função do órgão já se encontra bastante debilitada.

A origem destas fragilidades pode estar relacionada com vírus, substâncias químicas, agressão do próprio organismo, acumulação de substâncias provenientes do metabolismo e tumores.

As infeções virais que geralmente afetam o fígado são a Hepatite A, B e C e a principal substância química é geralmente o álcool.

No fígado ocorrem mais de 500 reações químicas diferentes, nas quais surgem enzinas hepáticas específicas. No diagnóstico das doenças do fígado, os médicos recorrem aos testes de função hepática, ou seja, diversas avaliações laboratoriais bioquímicas, responsáveis pela medição das enzimas hepáticas e realizadas para fornecer informação sobre o estado do fígado do paciente.

Os testes hepáticos são realizados através de uma amostra de sangue do paciente. Um painel hepático típico de testes inclui:

  1. Gamaglutamiltransferase (GGT)
  2. Alanina aminotransferase (ALAT) ou Transaminase Glutâmica-pirúvica (GPT)
  3. Aspartato aminotransferase (AST) ou Transaminase Glutâmica-oxaloacética (GOT)
  4. Fosfatase alcalina (ALP)
  5. Bilirrubina
  6. Proteína, albumina
  7. Tempo de Protrombina
O que é o teste da Gamaglutamiltransferase (GGT)?

A Gamaglutamiltransferase (GGT) tem como principal função acelerar as reações químicas no interior das células. Estas reações asseguram a assimilação dos aminoácidos, isto é blocos de moléculas que compõem as proteínas, que por sua vez são constituintes do organismo. A determinação da GGT tem como principal objetivo testar o funcionamento do fígado, sendo um importante indicador de lesões neste órgão.

Comentários