Corro o risco de sofrer de Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica?

Por Teles de Araújo, Médico Pneumologista

A Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) é uma doença que, em 70 a 80% dos casos é causada pelo fumo de tabaco. A probabilidade da doença aparecer é tanto maior quanto mais anos e mais cigarros se fumarem.

Mesmo as pessoas não fumadoras mas expostas ao fumo de tabaco dos outros têm maior risco de virem a ter a doença. Também a poluição, quer por partículas, quer por fumos, seja no ambiente de trabalho, ou doméstica, podem ser responsáveis por casos de DPOC. Em algumas pessoas existe uma predisposição genética para a doença.

O que é?

A DPOC é uma doença crónica do aparelho respiratório caracterizada por dificuldade da passagem do fluxo aéreo nos brônquios. Esta dificuldade não é totalmente reversível, mesmo com a medicação adequada, e tende a ser progressiva, associando-se a uma resposta inflamatória anormal, à inalação de partículas e de gases agressivos.

O principal agente causador de cerca de 90% das DPOC é o fumo do cigarro. O fumo de cigarro é agressivo não só para os fumadores ativos como para aqueles que inalam o fumo que se liberta do cigarro ou do ar exalado pelos fumadores presentes em áreas confinadas.

A doença começa geralmente por tosse e expectoração crónicas, isto é, que persistem praticamente todos os dias por períodos de tempo cada vez maiores, acabando por se tornar permanentes.

A dificuldade da passagem do ar, juntamente com a inflamação dos brônquios causa acumulação de secreções brônquicas que tendem a ficar estagnadas, facilitando o aparecimento de infecções respiratórias, ficando a expectoração amarelada ou esverdeada. Assim, a DPOC facilita o aparecimento de infecções que vão agravar as lesões nos brônquios, piorando a evolução da DPOC.

Qual é o tratamento?

O tratamento da DPOC baseia-se no evitar dos agentes agressores, particularmente o fumo de tabaco e no uso de medicamentos broncodilatadores e anti-inflamatórios, administrados por via inalatória. Esta terapêutica, quando necessária, deve ser feita diariamente uma vez que a doença é uma doença crónica.

Comentários