Bulimia

Quando o apetite se torna voraz e incontrolável. Saiba como prevenir este transtorno alimentar

Designa um transtorno alimentar caracterizado por episódios de apetite voraz seguidos de purga (vómitos autoinduzidos, emprego de laxantes ou diuréticos), dietas rigorosas ou exercício excessivo para compensar as refeições abundantes e, assim, evitar o aumento de peso.

O stress emocional é, com frequência, o factor que desencadeia a ingestão excessiva, que geralmente é feita em segredo.

Sintomas

A preocupação excessiva com o peso, que apresenta grandes flutuações, e outros indícios como a tumefacção das glândulas salivares das bochechas, erosão do esmalte dentário devido ao ácido do estômago e um baixo valor de potássio no sangue são os mais evidentes.

Tratamento

A psicoterapia e os fármacos antidepressivos, sempre prescritos por um especialista, são a melhor forma de tratamento desta doença.

Como prevenir


- Geralmente, o grupo de maior risco são as mulheres jovens, que pertencem a um nível sócio-económico médio e alto. A melhor atitude é não sobrevalorizar a importância do peso.

-O diagnóstico de bulimia nervosa é definido a partir do momento em que se cometem excessos alimentares associados a comportamentos compensatórios, pelo menos, duas vezes por semana durante um período de três meses. Esteja atenta!

- Encha-se de auto-estima e fuja da depressão. Coma de forma saudável para evitar sentimentos de culpa.


artigo do parceiro:

Comentários