7 erros (muito comuns) que prejudicam a sua saúde

Prevenir, já diz o ditado, é o melhor remédio. Evite hábitos e comportamentos que podem desequilibram o seu organismo e gerar doenças ou infeções

Winsome young girl with curly hair and bright pink lips holding and eating bread roll looking forward standing on grey background, horizontal picture

1. Tenha cuidado com a (má) alimentação que faz. Fazer uma dieta desregrada e desequilibrada, rica em gorduras e açúcares e pobre em fruta e verduras, é desaconselhável. «Dietas muito restritivas alternadas com períodos em que se come em excesso são um erro a evitar», alerta Alexandra Fernandes, médica especialista em medicina geral e familiar.

2. Dormir pouco. «Um adulto precisa de seis a nove horas de sono por dia. O déficite crónico de sono prejudica a memória e a concentração, aumenta o risco de depressão, diminui a imunidade e aumenta o risco cardiovascular», sublinha a especialista.

3. Apanhar demasiado sol é outro erro comum. «O excesso de exposição solar acelera o envelhecimento da pele e aumenta o risco de ter cancro da pele», adverte a médica especialista em medicina geral e familiar.

4. Beber demais, sobretudo álcool, é outro dos (maus) hábitos a corrigir. «Não deverá beber mais do que uma bebida alcoólica por dia, o equivalente a 1,5 dl de vinho ou uma imperial ou mais do que três bebidas, numa só ocasião», recomenda Alexandra Fernandes.

5. Fumar é, toda a gente o sabe, nocivo para o organismo. As mulheres devem ter, por isso, cuidados acrescidos. «Particularmente se estiverem a tomar a pílula. Esta está contraindicada em mulheres fumadoras, com mais de 35 anos», salienta a médica especialista em medicina geral e familiar.

6. Ter relações sexuais sem proteção com pessoas que não sabe se sofrem de doenças de transmissão sexual é outro dos comportamentos a evitar. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta para 250 milhões de novos casos de doenças sexualmente transmissíveis por ano, em todo o mundo. Num passado recente, os casos de gonorreia estavam a aumentar em Portugal.

7. Os portugueses andam pouco, fazem pouco exercício e só não vão de carro para a cama porque não podem. «Levar uma vida sedentária é outro dos hábitos que importa corrigir», afirma a especialista. Quem não gosta de praticar desporto, deve fazer regularmente caminhadas e usar as escadas em vez do elevador.

Texto: Sofia Cardoso

artigo do parceiro:

Comentários