Temperaturas mínimas baixam entre 2 a 6 graus entre hoje e sábado

Toda a gente sabe que as mudanças de temperatura são um fator de risco para a saúde. Portanto, se ainda não foi buscar a roupa mais quente ao seu guarda-roupa, está na hora de fazê-lo.

As temperaturas mínimas poderão descer entre dois a seis graus Celsius, entre esta sexta-feira e sábado, em todo o país devido a uma massa de ar frio, disse hoje à agência Lusa o meteorologista Bruno Café.

“O IPMA prevê para hoje e amanhã [sábado] uma descida da temperatura mínima que pode chegar aos seis graus, dependendo da região do país. Nas regiões do interior norte e centro podem ser mais baixas”, adiantou o meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Bruno Café, a descida das temperaturas mínimas deve-se a uma massa de ar frio do norte da Europa, que vai chegar às regiões mais a sul.

“Contudo, as temperaturas são normais para esta altura do ano”, salientou.

No que diz respeito às temperaturas máximas, indicou Bruno Café, “estas não vão sofrer grandes alterações, rondando na generalidade do território do continente 12 a 15 graus, podendo ser um bocadinho mais baixas nas regiões do interior norte e centro”.

Céu nublado

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir do início da tarde, possibilidade de ocorrência de aguaceiros no litoral oeste a sul do Cabo Mondego até ao início da tarde e vento em geral fraco o quadrante norte, soprando temporariamente moderado nas terras altas e no litoral a norte do Cabo Raso.

“Estão também previstas neblinas ou nevoeiro matinal, em especial nas regiões do interior, formação de geada, em especial no interior norte e centro. No sábado, já estamos a prever céu limpo, com menos nebulosidade, vento fraco a moderado a forte nas terras altas e pequena descida da temperatura mínima, em especial nas regiões do litoral centro e sul”, disse.

Comentários