Sair e beber com os amigos reforça a saúde masculina, diz estudo

Homens em grupo tornam-se mais atraentes do que sozinhos, revela outro estudo
4 de novembro de 2013 - 12h03



Um estudo pioneiro sugere que os homens devem sair para beber com os amigos pelo menos duas vezes por semana para conseguirem reforçar a sua saúde mental. A investigação foi conduzida por Robin Dunbar, do departamento de Neurociência da Universidade de Oxford, no Reino Unido.



O estudo indica que os homens devem aproveitar as noites com os amigos para se socializarem, beberem e rirem juntos. Além disso, a prática de desporto por equipas também é mencionada no estudo como um fator contribuinte para melhorar a saúde masculina.



“Os laços de amizade podem ser formados por meio de uma série de atividades, como desporto ou simplesmente um copo de cerveja no bar com os amigos”, conclui o investigador na investigação.



O estudo sustenta que os homens devem reunir-se num número mínimo de quatro pessoas, a fim de colherem os benefícios da amizade masculina.



Já um outro estudo, independente do primeiro, indica que homens em grupo tornam-se mais atraentes do que quando estão sozinhos, o que pode elevar o bem-estar psicológico de cada indivíduo.



Além de o convívio constante, sair com os amigos ajuda os pacientes a recuperarem mais rapidamente de doenças e aumentar o nível de generosidade dos homens.



A marca de cerveja irlandesa Guinness participou no estudo.



Alerta num outro estudo



Por outro lado, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas ao fim de semana pode causar danos duradouros no fígado, de acordo com investigadores da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, liderado pelo cientista Shivendra Shukla.



O estudo revelou a ligação entre o consumo excessivo de álcool, mesmo apenas ao fim de semana, e o risco de desenvolver doença hepática alcoólica e uma variedade de outros problemas de saúde.



SAPO Saúde
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários