Residência e centro de dia para idosos abrem sábado em Reguengos de Monsaraz

Uma nova residência para idosos e um renovado centro de dia são inaugurados no sábado em Reguengos de Monsaraz, Évora, num investimento de um milhão de euros, anunciaram hoje os promotores.
créditos: LUSA/NUNO VEIGA

A construção da residência para idosos e a remodelação e ampliação do centro de dia, na povoação de Campinho, no concelho de Reguengos de Monsaraz, foram comparticipadas por fundos comunitários, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

O presidente do Centro Social e Paroquial de Campinho, Domingos Barão, responsável por ambas as valências sociais, explicou hoje à agência Lusa que a residência para idosos, construída de raiz num terreno comprado pela instituição junto às sua sede, tem capacidade para 14 utentes.

Já o centro de dia, que funciona há já vários anos, com 16 utentes, foi renovado e ampliado para dotar as instalações de melhores condições, nomeadamente na cozinha, casas de banho e no espaço médico e de enfermagem, indicou o responsável.

Domingo Barão realçou que as obras arrancaram em maio de 2013 e deveriam ter terminado em maio de 2014, mas "questões burocráticas" atrasaram a inauguração das infraestruturas em quase um ano.

Ao todo, segundo o presidente da instituição, o Centro Social e Paroquial de Campinho presta apoio a 43 idosos, através das três respostas sociais que possui: centro de dia, residência para idosos e serviço domiciliário.

Atualmente, referiu que a instituição possui lista de espera, já que não há vagas nas várias valências do centro social.

Com a construção da nova residência e a ampliação do centro de dia, a instituição aumentou o número de funcionários, passando de cinco para 17 trabalhadores, todos recrutados na aldeia, assinalou o responsável.

O Centro Social e Paroquial de Campinho foi inaugurado em agosto de 2000.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários