Ministério Público investiga mortes nas urgências em Portugal

O Ministério Público está a investigar os casos dos doentes que morreram nas urgências dos hospitais de S.José, Peniche e Santa Maria da Feira, disse fonte da Procuradoria-geral da República. Neste inverno já morreram pelo menos oito pessoas em urgências.
créditos: PAULO NOVAIS / LUSA

De acordo com a resposta enviada à Lusa, os inquéritos foram instaurados por iniciativa do MP.

Neste inverno já morreram pelo menos oito pessoas em urgências hospitalares.

Segundo o último Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe, um terço dos casos detetados na terceira semana deste ano pertence ao vírus A(H3), que inclui estirpes diferentes daquela que consta nas vacinas administradas nesta época gripal.

Neste período, foram analisados 393 casos de síndroma gripal, com o vírus influenza do tipo B - o predominante - a ser detetado em 68% dos casos de gripe.

Contudo, o vírus A(H3) foi identificado em 32% dos casos de gripe, representando “um aumento destes casos” relativamente à semana anterior

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários