Hospitais portugueses já reduziram mil camas desde 2011

Comissão Europeia revela sexta avaliação do ajustamento económico português

Os hospitais portugueses conseguiram reduzir mil camas desde 2011, segundo o documento da Comissão Europeia que traça a sexta avaliação ao programa de ajustamento económico português.

“As autoridades confirmaram o seu compromisso com a reorganização dos hospitais. (…) Várias fusões ou encerramentos de hospitais e departamentos já ocorreram desde 2011, levando a uma concentração de departamentos médicos e laboratórios, uma eliminação de cerca de 1.000 camas e a redução de horas extra”, refere o documento a que a agência Lusa teve acesso.

Segundo um relatório da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) divulgado em novembro, Portugal tem 3,3 camas de hospital por cada mil habitantes, um dos valores mais baixos da União Europeia, com uma média de 5,3.

Ainda este mês, o Jornal de Negócios noticiou que o Ministério da Saúde quer diminuir ainda mais o número de camas hospitalares através da redução dos episódios de internamento nos hospitais.

21 de dezembro de 2012

@Lusa


Comentários