Faça do alimento o seu principal medicamento

a coisa é mais complexa do que apenas escolher na mercearia o arroz ,as batatas, a couve ou a maçã

Somos aquilo que comemos, estamos todos de acordo, mas , hoje, quando dizemos “somos aquilo que comemos” devemos dissecar o conceito. Efetivamente somos:

- Os Alimentos que ingerimos
- A forma como esses alimentos foram cultivados
- O processo de mastigação quando ingerimos esses alimentos
- Como esses alimentos interagem no nosso organismo
- A forma como esses alimentos são absorvidos no intestino
- Que nutrientes disponibilizamos ou não ao nosso organismo
- A forma como expulsamos os resíduos

Pois é, a coisa é mais complexa do que apenas escolher na mercearia o arroz ,as batatas, a couve ou a maçã. Falemos então um pouco sobre cada uma destas situações:

Os alimentos que ingerimos

Comemos em demasia alimentos processados, refinados, aglutinados ,melhorados e sujeitos a outros processos industriais que na maioria dos casos não são bons para a nossa saúde. Mesmo as frutas e vegetais que comemos são frequentemente provenientes de agricultura intensiva, adubada e por vezes com longos tempos de a frigorofico, chegando a ser colhidos verdes maturando nas cameras de refrigeração.

Como os mastigamos

Na generalidade das vezes , mal, mastigamos á pressa, aliás essa é uma constante da vida atual, fazemos quase tudo á pressa. E, se mastigamos á pressa, não vamos rasgar as fibras dos alimentos com os dentes, não vamos moer os alimentos, não vamos ensalivar a comida aportando-lhe os enzimas digestivos tão necessários a um bom processo digestivo.

Como interagem os alimentos no nosso organismo

Cada um de nós tem a sua individualidade , ela também é notória a nível de sistema digestivo, cada um de nós reage melhor ou pior de acordo com a sua bioquímica, o mesmo alimento pode ser bom para uma pessoa mas não ser para outra. Podemos interagir bem com um alimento que até em termos de senso comum achamos que é mau e não reagir bem a outro que toda a gente considera um alimento muito saudável. Aqui só há uma solução , cada um de nós fazer o seu teste de intolerâncias alimentares e passar a perceber melhor a sua bioquímica.

Comentários