Dietistas acusam bastonária da Ordem dos Nutricionistas de ignorar profissionais

Bastonária terá tomado mais atitudes em prol dos nutricionistas do que dos dietistas

20 de novembro de 2013 - 09h22

Mais de 700 dietistas subscreveram uma participação disciplinar à Ordem dos Nutricionistas, a que pertencem, contra a postura da bastonária que acusam de “menosprezar” e “ignorar” a classe dos autores da queixa.

A presidente da Associação Portuguesa de Dietistas (APD), Zélia Santos, disse à agência Lusa que, na origem desta participação disciplinar, estão atitudes da bastonária, a nutricionista Alexandra Bento.

Segundo Zélia Santos, a bastonária teve “uma série de atitudes em prol e defesa dos nutricionistas, menosprezando e ignorando os dietistas”.

A principal razão desta queixa foi a elaboração, por parte de Alexandra Bento, do documento “Organização de Serviços de Nutrição e Alimentação”, no qual “fica absolutamente claro que os dietistas não poderão exercer funções de coordenação dos referidos serviços”, disse.

“Com este documento, ela cilindra por completo os dietistas, retirando o poder de exercer as funções de coordenação nestes serviços”, disse Zélia Santos.

Os subscritores da queixa criticam ainda a celebração de um acordo de cooperação com uma prestadora de cuidados de saúde que apenas admite a comparticipação de consultas dadas por nutricionistas.

“Novamente os dietistas foram postos de parte”, disse.

Os dietistas lamentam ainda que Alexandra Bento tenha vindo a promover junto da tutela a duplicação de – apenas - nutricionistas nos centros de saúde, bem como o facto de a bastonária “apresentar sempre o nutricionista como o profissional de referência na área da alimentação, ignorando deliberadamente os dietistas, ou apresentando-os como profissionais de segunda categoria”.

Segundo Zélia Santos, a participação disciplinar à Ordem está assinada por 726 profissionais, dietistas e estudantes de dietética que se sentem “menosprezados e afastados daquilo que a bastonária tem de defender das duas profissões”.

Ouvida pela Lusa, a bastonária da Ordem dos Nutricionistas, Alexandra Bento, disse não ter sido notificada oficialmente de qualquer participação. "Obviamente, sem prejuízo de conhecer ou não a situação, sinto-me tranquila no exercício das minhas funções de bastonária da Ordem dos Nutricionistas", acrescentou.

Se houver efetivamente uma queixa, a bastonária disse que irá deixar que os órgãos competentes exerçam as suas funções, sendo que, garantiu, exerce "com elevada responsabilidade" as funções para as quais foi eleita.

Alexandra Bento lamentou ter tido conhecimento da participação pela Lusa.

Lusa

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários