Casos de dengue na Madeira estão a decrescer

28 novos casos desde 1 de janeiro
12 de fevereiro de 2013 - 15h27



Mais de 2.100 casos de febre de dengue foram notificados na Madeira desde o início do surto, em outubro do ano passado, mas a tendência mantém-se decrescente, indica esta terça-feira a Direção-Geral da Saúde.



“Desde o início do surto, a 3 de outubro de 2012, foram notificados 2.164 casos de febre de dengue na ilha da Madeira, a partir dos registos hospitalares e dos cuidados de saúde primários”, revela a nota.



“Outros casos foram reportados, 11 em Portugal Continental e 67 em 12 países europeus, todos em viajantes regressados daquela ilha”, realça a nota, frisando que não se registaram mortes.



A DGS acrescenta que “a monitorização semanal da infeção pelo vírus dengue na Ilha da Madeira demonstra que, desde meados de novembro (semana 46), o número de novos casos tem vindo a diminuir”.



Desde 1 de janeiro e até 3 de fevereiro, a DGS registou 28 novos casos.



“A vigilância entomológica, utilizando armadilhas para ovos e formas adultas, colocadas em locais estratégicos da ilha, tem revelado uma diminuição progressiva da atividade dos mosquitos”, refere ainda a DGS, que reitera as recomendações para proteção individual através da prevenção das picadas de mosquitos.



Os mosquitos foram detetados pela primeira vez na Madeira em 2005.



SAPO Saúde com Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários