Ponha-se em forma já!

Para muitas mulheres é bastante difícil sair da rotina do sofá e mudar alguns hábitos alimentares e de exercício, mas qual será o segredo daquelas pessoas que conseguem manter a motivação e dedicação para com os seus objetivos.

Pôr-se em forma e saudável pode representar um grande desafio. Deixo-vos cinco dicas que na minha opinião e de muitos outros especialistas em exercício fazem a diferença no que respeita à manutenção de uma vida ativa, onde a prática de exercício regular é uma constante e os bons hábitos alimentares imperam.

Seja consistente

Não tente mudar tudo de uma vez ou de forma demasiado brusca. Tentar praticar exercício todos os dias da semana ou correr uma maratona provavelmente são opções demasiado exigentes para quem inicia este processo e que podem levar à desistência.

Em vez disso tente ser progressiva, comece com menos dias de exercício por semana, por andar em vez de correr, por levantar pesos mais leves em vez de grandes cargas e por aí adiante. Para que tenha sucesso em qualquer programa de treino tem de ser consistente no objetivo que persegue.

Siga um programa de treino efetivo

Segundo o American Council on Exercise (ACE) as melhores formas de estar em forma são:

Realizar treinos com pesos ou resistências pelo menos 20 minutos duas vezes por semana.

Treino intervalado. 2 minutos de caminhada alternando com 2 minutos de corrida durante o tempo estimado para o seu treino

Exercício aeróbio. Acumular 60 minutos diários de exercícios como caminhada, corrida ou dança

Estabeleça objetivos realistas

Se o seu objetivo é perder peso, não estabeleça a perda de 10kg num mês. É uma meta demasiado irrealista e que a desmotivará caso não a consiga atingir. Ao invés inicie com objetivos mais modestos e redefina-os conforme os alcance.

Arranje um parceiro de treino

Encontre um amigo ou familiar que gostasse de ter também um estilo de vida saúdavel. Partilhar o treino com alguém da sua confiança é uma forma bastante mais eficaz de conseguir manter-se focada.

Seja paciente

No inicio a motivação é grande, psicologicamente sentimo-nos preparados e com vontade de mudar o hábito do sedentarismo, mas à medida que o tempo corre e os resultados não aparecem, vamos perdendo o foco, consequentemente a motivação desvanece e num abrir e fechar de olhos estamos a trocar novamente o exercício pelo confortável sofá.

Lembre-se que vão sempre existir avanços e recuos, altos e baixos, o importante é que seja paciente e que não desista até aparecerem os resultados.

artigo do parceiro:

Comentários