Dores musculares?

Conheça algumas formas de reduzir as dores do treino que a incomodam no seu dia a dia

As dores musculares aparecem depois de praticarmos exercício físico de forma intensa em níveis que o nosso corpo não está habituado. Normalmente quando inicia uma nova rotina de treino, quando trabalha músculos pouco desenvolvidos, ou quando retoma a atividade física após um longo período sem exercício regular.

É usual acharmos que as dores musculares após o exercício são um bom sinal e que treinámos de forma intensa. Representam assim uma dor positiva, o problema é o desconforto que estas dores causam podendo interferir com as nossas atividades diárias.

A sensação de dor que se desenvolve normalmente 24 horas após o exercício aparece como uma resposta tardia ao exercício. Este efeito é o resultado das lesões criadas nas suas fibras musculares pelo excesso de exercício ou pela falta de prática.

Estas microlesões das fibras musculares despoletam um sinal ao sistema imunológico para libertar glóbulos brancos dando-se assim início ao processo de recuperação.

Vamos agora descobrir de que forma podemos minimizar estas dores

Descanso

No caso de serem dores musculares de baixa intensidade onde não existe inchaço, repousar as áreas corporais afetadas por um par de dias ajuda no processo de recuperação e minimiza as dores sentidas. Pense nesta lógica, as dores musculares podem ser encaradas como o seu corpo a pedir uma folga de exercício. Uma pausa de 2 dias é suficiente para dar tempo aos seus músculos de recuperarem e estarem como novos outra vez.

Gelo

Nas primeiras 72 horas após realizar atividade física, pode aplicar gelo sobre a zona muscular afetada durante 10 a 20 minutos para reduzir o inchaço e inflamação. O frio tem propriedades analgésicas que ajudam a acalmar as dores e reduzir a inflamação.

Medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios

Quando o repouso e o gelo se tornam insuficientes para aliviar as suas dores musculares a medicação pode ser o próximo passo a seguir.Estes medicamentos são bastante efetivos na redução das dores do sistema músculo esquelético.

Existem em forma de comprimidos ou em gel mas deve consultar sempre um profissional de saúde que possa indicar qual a solução que melhor se adequa ao seu caso.

Alongamentos

Outro “remédio” que ajuda na redução das dores musculares é o alongamento. Alongar o músculo dorido de forma suave aumenta a circulação na área afetada melhorando a recuperação.

Massagem

Algumas das dores desenvolvem-se devido à fraca circulação sanguínea nos músculos exercitados, portanto, se massagar as áreas afetadas de forma lenta vai aumentar a circulação sanguínea favorecendo a recuperação.

É normal sentir desconforto físico após uma atividade intensa e que pode durar até 72 horas, mas se não é o seu caso e as dores persistem após uma semana, provavelmente está na altura de procurar a ajuda de um médico, pois pode ter alguma lesão de maior gravidade.


artigo do parceiro:

Comentários