Duche frio ou quente depois do exercício?

Qual das hipóteses é que favorece melhor os músculos e até a própria epiderme a seguir a uma sessão de treino ou atividade desportiva? Esclareça esta dúvida e descubra as vantagens de cada uma das hipóteses

Antes de mais, convém-lhe saber que depois de fazer uma atividade física que implique muito esforço, continua a transpirar. Portanto, é aconselhável esperar cerca de 15 minutos antes de tomar duche. Assim, terá tempo para recuperar. Quanto à temperatura da água, as opiniões são... unânimes!

O duche quente tem a vantagem de relaxar os músculos. O duche frio, esse, fecha os poros e refirma a pele. Tem também a vantagem de ser estimulante e de ativar a circulação sanguínea. O ideal, por isso, é combinar os dois mas com moderação.

Comece com um duche quente, para relaxar e evitar as dores musculares. Depois, continue com um duche frio, começando pelos pés e subindo ao longo das pernas. Entretanto, se a sua tolerância à água fria for limitada, o duche tépido poderá ser uma boa alternativa.

artigo do parceiro:

Comentários