A planta que é um calmante natural anti-insónias

A valeriana pode ser a solução para noites de sono tranquilo e repousante. Exige, contudo, algumas precauções, como alerta Pedro Lôbo do Vale, médico de clínica geral.

Se anda a dormir mal ou se tem insónias com mais regularidade do que o desejável, o recurso a esta planta falo-á dormir melhor. Poderá encontrar a valeriana sob a forma de suplemento ou medicamento. Normalmente, esta não causa efeitos secundarios, sendo preferencial à toma de outros medicamentos como benzodiazepinas que podem induzir dependência, como alerta Pedro Lôbo do Vale, médico de clínica geral.

En caso de ansiedade moderada e distúrbios do sono, tendo em consideração as condições normais de uso, a valeriana não tem efeitos prejudiciais embora em raros casos possa existir o efeito contrário daquele descrito para a planta, ou seja, excitabilidade, nervosismo e ansiedade.

Tomar valeriana exige, no entanto, alguns cuidados:

- Deverá moderar o consumo de bebidas alcoólicas, já que o seu efeito pode ser potenciado pelo consumo de álcool.

- Devido à sua capacidade para provocar sonolência e caso seja sensível a este sintoma, recomenda-se que não conduza ou opere qualquer máquina imediatamente depois (até duas horas) da sua toma.

- Não deve tomá-la por mais de quatro semanas consecutivas nem deixar a sua toma de forma abrupta.

- Se está a ser medicado e sofre de alguma patologia, aconselhe-se com o seu médico antes de iniciar a toma de valeriana.

- Se estiver grávida ou a amamentar também deve consultar um especialista.

artigo do parceiro:

Comentários