Única aldeia piscatória de Trás-os-Montes recebe festival gastronómico

De 17 a 19 de Julho a vila de Torre de Moncorvo acolhe a quinta edição do Festival das Migas e do Peixe do Rio. Aos peixes do rio Douro e Sabor junta-se, nesta iniciativa, a doçaria regional.

Para além das amêndoas cobertas, o concelho de Torre de Moncorvo, na região transmontana, é conhecido a nível gastronómico pelas migas e peixes do rio. Esta iguaria é confecionada com os peixes dos rios Douro e Sabor, pescados diariamente na única aldeia piscatória de Trás-os-Montes, a Foz do Sabor, pelos pescadores nos barcos rabelos.

A atividade piscatória é ainda o sustento de várias famílias desta freguesia, que durante a noite pescam o peixe, e que logo pela manhã entregam nos restaurantes e vendem à população local.

Os peixinhos do rio podem ser apreciados de diversas formas: fritos, em molho de escabeche, assados ou cozidos em posta, mas sempre acompanhados com as famosas migas de peixe.

Os visitantes podem provar este petisco nos restaurantes aderentes, junto à Foz do Sabor e na sede de concelho: Restaurante Lameirinho e Primavera, Restaurantes O Pingo, As 2 Piscinas e A Taberna do Carró (Torre de Moncorvo) e no Bô Café (Larinho).

O programa é variado e conta com as provas do Campeonato Nacional e

Europeu de Motonáutica e a apresentação do guia turístico móvel Moncorvo 365. A animação fica a cargo do grupo Ferro Velho, do programa de variedades Feiras e Festas da Rádio Onda Livre e da emissão especial em direto da Rádio Brigantia com animação, artistas ao vivo e passatempos.

artigo do parceiro:

Comentários