Restaurante português incluído no guia Michelin de Nova Iorque para 2013

O restaurante de cozinha portuguesa Alfama foi incluído no guia Michelin da cidade de Nova Iorque para 2013, que destaca o ambiente e os petiscos, especialmente o marisco. Na “Big Apple” o guia destaca perto de 800 restaurantes de 60 cozinhas diferentes.

O guia turístico escreve que os clientes "adoram o ambiente descontraído, mas elegante" do espaço, aconselha os leitores a provar "petiscos", como o frango grelhado com piripiri, e diz que "o marisco é a estrela" do menu preparado pelo chefe Carlos Arriaga.

O Alfama é propriedade de Miguel Jerónimo, ex-funcionário das Nações Unidas, e do sócio Tarcísio Machado.

"É muito difícil ter uma boa crítica do Michelin", disse Miguel Jerónimo, explicando que "os críticos do guia vieram anónimos, como clientes normais, e gostaram."

Miguel diz que teve sempre um "desejo pela arte de bem receber, pela cozinha portuguesa, e em Manhattan quase não havia restaurantes portugueses" nos anos 90, quando se mudou para a cidade.

Foi em 1999 que abriu o restaurante no West Village e concretizou o sonho de criar uma "embaixada gastronómica de Portugal em Nova Iorque".

"Conseguimos criar uma clientela, que é o mais difícil em Nova Iorque, com portugueses, luso-descendentes, brasileiros e também muitos americanos que visitam Portugal e querem rever a comida", diz.

O espaço recebeu a visita de muitas celebridades, como o ator Al Pacino, a escritora J.K. Rowling, a cantora e pianista Nora Jones ou a cantora cabo-verdiana Cesária Évora, mas fechou em 2009 quando o senhorio decidiu duplicar a renda.

Reabriu em Maio de 2011, na Rua 52, na zona de Midtown, com "95% de vinhos portugueses" na carta e fado nas noites de quarta-feira.

Miguel Jerónimo diz que "os americanos podem não entender a letra [dos fados], mas vão perguntando e adoram."

De um universo de mais de 20 mil restaurantes em Nova Iorque, este ano o guia Michelin destaca 896, de 61 cozinhas diferentes.

artigo do parceiro:

Comentários