Da Casa da Calçada para o Solar do Vinho do Porto

Depois de deixar Amarante, o chefe Vítor Matos lidera agora a cozinha do ANTIQVVM, um projeto inovador na Invicta com vista privilegiada para o rio Douro.

No mais recente projeto de restauração do Porto nasce o casamento perfeito entre os vinhos durienses – selecionados pelo sommelier António Lopes – e a reinterpretação arrojada da gastronomia tradicional portuguesa, pela mão de Vítor Matos. O profissional conta no seu currículo títulos como Chefe Cozinheiro do Ano 2003(Edições do Gosto), Chefe de Cozinha do Ano 2013 (Prémios Revista WINE), Melhor Cozinheiro de Portugal 2014 (Prémios Arco Atlântico Gastro) e o “ Prix Chefs de l’Avenir” 2011 da Académie Internacional de Gastronomie, Paris; além de 2 Sois no Guia Repsol, 1 estrela no Guia Michelin, “Garfo D’Ouro” do Guia Boa Cama Boa Mesa do Expresso, Certificado de Excelência 2014 pelo TripAdvisor, e o título de Melhor Restaurante da Europa, pelo Guia The European 50 Best.com

O ANTIQVVM promete degustações com live cooking e paladares recheados de tradição, sempre com o tempero especial do autor. A carta redefine-se diariamente para permitir saborear pratos clássicos da cozinha portuguesa com uma pitada de modernidade, salientando sempre os produtos frescos, as tendências sazonais e a redescoberta de paladares únicos através de “ensaios sensoriais”.

Com um ambiente requintado e acolhedor, o ANTIQVVM resulta de um projeto de arquitetura com a chancela de Pedro Macedo e design de interiores de Francisco Neves. O restaurante dispõe de cerca de 70 lugares e propõe almoços executivos, uma carta de tapas e serviço de bar e uma esplanada integrada num dos mais bonitos jardins românticos da cidade.

artigo do parceiro:

Comentários