Café Majestic entre os mais belos do mundo

O “Top 10” dos cafés mais belos do mundo é encabeçado pelo Café Nova Iorque, em Budapeste. A lista, publicada no site de turismo Uctyguides, que inclui cafés em cidades ícone como Veneza, Viena, Praga e Paris, integra no sexto lugar o portuense Café Majestic.

Para os autores deste top “os cafés portugueses mais famosos encontram-se na capital. Mas, enquanto a Brasileira e a Versailles têm belos interiores, é na segunda cidade portuguesa que encontrámos o café mais fabuloso”.

A Uctyguides não regateia elogios ao Café Majestic (Rua de Santa Catarina): “mais do que uma atracção turística é um espaço de eventos culturais”. E continua: “é um espaço vivo, com uma atmosfera Belle Epoque”. O site destaca, ainda, o Jardim de Inverno.

Na lista, logo após o húngaro Café Nova Iorque, figura o Café Florian em Veneza (Itália). O terceiro lugar vai para o Café Central, em Viena (Áustria). Já o quarto posto na tabela recai sobre o Café Imperial, em Praga (República Checa), seguido do Café de La Paix, em Paris (França). Depois do Café Majestic, surge o Café Confeitaria Colombo, no Rio de Janeiro (Brasil), o Café Gambrinus em Nápoles (Itália), o Café Tortoni em Buenos Aires (Argentina) e, finalmente, o Café Grego em Roma (Itália)

Recorde-se que o Majestic nasceu em 1921 com o nome Élite. O novo salão, desenhado pelo arquitecto João Queirós, fez furor com os seus espelhos e dourados, colunas, capitéis, sofás de veludo vermelho. O nome Majestic só aparece oficialmente a 31 de Julho de 1922.

artigo do parceiro:

Comentários